Florais para pets

Uso aumentou 20% no último ano, diz Animal Flower.

Em entrevista à coluna mensal ‘Conversa de Mercado’ do portal da Pet South America a empresária Luciana Giusti, fundadora da Animal Flower, empresa que apresenta uma linha exclusiva de produtos para o conforto e bem-estar dos pets, entre eles, compostos florais para animais, colchonetes, cinta térmica de ervas, almofadas e bandanas. O foco da marca é a fabricação e comercialização de produtos naturais, através do equilíbrio das emoções de cães e gatos. Confira como está esse mercado inovador, que tem crescido e ganhado novos adeptos.

 

Como está o mercado de produtos naturais para pets?

O mercado de produtos naturais para pets está em crescimento acelerado. Nos últimos anos houve maior conscientização da população, que prefere produtos naturais por não causarem efeitos colaterais de curto ou longo prazo.

 

O que é terapia floral? Como ela está sendo aceita no mercado?

A terapia floral nasceu na Inglaterra por um médico homeopata inglês, Edward Bach, que descobriu um sistema de cura vibracional através das flores. Por ser uma terapia vibracional, só trata os desequilíbrios emocionais que podem levar a distúrbios comportamentais e físicos nos animais e humanos. Não tem efeito colateral e pode ser usada junto a qualquer outra forma de terapia, seja alopática, homeopática ou outra qualquer. A Animal Flower está no mercado produzindo compostos florais de Bach para animais desde 2000, mas nos últimos três anos a procura pelos florais aumentou bastante.

 

Qual a diferença entre um produto natural e um sintético? Quais benefícios eles oferecem aos pets?

Produtos sintéticos podem ser mal metabolizados pelo nosso corpo, pois são substâncias estranhas a ele. Também podem causar alergias e outros efeitos colaterais. Produtos naturais até podem causar alergias, mas, por não serem tão estranhos ao corpo, a chance de contrair qualquer reação é bem menor. No caso dos florais, em nosso controle, não observamos nem alergias e nem efeitos colaterais.

 

Como foi o ano de 2018 para vocês? O que esperam para 2019?

No ano de 2018 tivemos um crescimento de 20% em vendas de florais. Para 2019 esperamos aumentar a distribuição e pontos de vendas dos florais em todo o Brasil e talvez fora também, uma vez que o produto tem tido uma aceitação e procura bem maior.

 

Pretendem lançar uma nova composição na Pet South America?

Vamos lançar três compostos na feira. São eles: Medo de Fogos, Teimosia e Novo Membro na Família. Todos esses lançamentos surgiram por pedidos de clientes. Abaixo, eu explico como funciona cada um deles:

 

Medo de Fogos


É uma fórmula que trata medo e pânico, que é a sensação que os animais experimentam em épocas de fogos. São essências de Bach que deixam o animal mais calmo e menos apreensivo. Já temos o composto Traumas e Medos, que trata também esse desequilíbrio, e agora lançamos um frasco mais específico para essas situações.

 

Teimosia


Uma fórmula pedida por clientes. Também trata animais birrentos e teimosos.

 

Novo Membro na Família


Lançamos esse floral para deixar o animal mais calmo e preparado para a chegada de um novo membro na família, seja uma criança ou um outro pet. É um floral que deixa o animal mais sociável, menos territorial e mais calmo.

 

Vocês estão presentes em todas as regiões do Brasil? Possuem lojas/ representações em algum outro país?

Não temos escritório fora do país, mas estamos presentes em todas as regiões do Brasil. Entretanto, começamos a nos estruturar há um ano para exportar, justamente porque o mercado externo não tem produtos como os nossos (compostos florais de Bach prontos para uso e fitoterapia para animais). Com isso, começamos a receber e-mails de interesse.

Também há uma possibilidade de clientes nossos começarem a atender o mercado externo. Na última edição da Pet South America que participamos, por exemplo, tivemos visitas de possíveis compradores do Uruguai e Portugal (países que têm aberto várias facilidades para expansão de comércio). Hoje já traduzimos nosso site para o espanhol e inglês e pensamos cada vez mais na possibilidade de abrir o nosso mercado para fora.

 

 

Comentários
Carregando...