Papillon – Pequenos e energéticos3 min para ler

O Papillon tem suas raízes nos spaniels que eram tão populares em toda a Europa desde o século 16. Estes pequenos cães eram extremamente populares com a nobreza. Como passatempo, a Espanha e a Itália se tornaram os centros de reprodução e comércio de spaniels. A corte de Luís XIV da França gostava de Papillons e importava muitos deles. Ao mesmo tempo o Papillon ficou conhecido como o esquilo spaniel, porque ele carregava sua cauda emplumada sobre suas costas da mesma forma como um esquilo faz.

Estes cães no início tinham orelhas caídas, mas através de algum evento desconhecido, alguns cães passaram a ficar com as orelhas de pé. Ambos tipos de orelhas podem ser encontrados na mesma ninhada. Até hoje os dois tipos de orelha são igualmente aceitos, embora o cão de orelhas levantadas é muito mais popular. Nos Estados Unidos, o Papillon de orelhas caídas é conhecido como o Phalene, que é francês para mariposa, enquanto que na Europa ele é chamado de Epagneul Nain ou Spaniel Continental Toy. Em 1900, o Papillon foi bem representado em mostras de cão franceses e logo depois estava sendo mostrado na Inglaterra e na América.

Essas exposições anteriores tendiam a ser maiores do que as observadas hoje e geralmente eram cães de cor sólida, geralmente de algum tom de vermelho. A criação seletiva resultou em um cão menor que se distingue pelas suas cores marcantes quebradas por manchas de branco. Um rosto marcado simetricamente com mancha branca contribui para o aparecimento da borboleta. O Papillon tornou-se um dos cães de brinquedos mais populares, funcionando igualmente como um animal de estimação amável, famoso em exposições, além de ser obediente.

O Papillon é um dos mais obedientes e ágeis das raças de pequeno porte. O Papillon é gentil, amável e brincalhão. Ele é amigável com estranhos e é ótimo para crianças, mas segundo a criadora Carla Serran, do canil Geant de Chloe, alguns exemplares não são tão sociáveis com outros cães. Carla explica que os Papillons são muito companheiros, vivem à sombra do dono, adoram brincar, têm muita energia e curtem muito brincadeiras com crianças, mas é preciso tomar cuidado para que a criança não machuque o cão, pois é uma raça frágil em geral.

O Papillon precisa de estimulação mental e os cachorros dessa raça gostam de uma caminhada diária na coleira, bem como jogos desafiadores dentro de casa ou no quintal. Esta não é uma raça que pode viver ao ar livre. Sua pelagem precisa ser escovada duas vezes por semana.

A expectativa de vida da raça varia de 12 a 15 anos e a altura tanto do macho quanto da fêmea varia de 20 a 27 cm, assim como o peso máximo que deve chegar até 4,5 kg.

 

Fonte: www.tudosobrecachorros.com.br

Comentários
Carregando...
Novo Assinante