Laboratório Mundo Animal cresce acima de dois dígitos em 20174 min para ler

Investimento em novos produtos, banho e tosa, linha profissional e aposta no segmento de aquarismo foram estratégias para crescimento acima do mercado.

O ano de 2017 encerrou com resultados positivos para o mercado de animais de estimação, que vem registrando nos últimos anos um crescimento médio de 7%. Segundo a Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), o mercado pet movimentou R$ 18,9 bilhões em 2016. O segmento teve movimentação maior, com cerca de R$ 23 bilhões em serviços, comércio de animais, produtos veterinários, alimentação e acessórios, segundo dados do Instituto Pet Brasil, e deve crescer 7% em faturamento.

Foi observando oportunidades de diversificar seu portfólio que o Laboratório Mundo Animal, fabricante de múltiplas soluções como suplementos e produtos de higiene para cães e gatos, alcançou resultado superior ao do mercado, fechando 2017 com 15% de crescimento. Segundo Priscila Martins, diretora comercial da companhia, “é um desafio manter os bons resultados, mas a chave para o crescimento é sair do lugar-comum do negócio”.

Com cerca de 132,4 milhões de pets, dos quais 52 milhões são cães, 22 milhões gatos, 38 milhões aves, além de 20 milhões de peixes e outros animais, o mercado brasileiro é um celeiro de oportunidades neste segmento. Para concorrer em pé de igualdade com gigantes multinacionais, a indústria que está no mercado há mais de 32 anos tem o trunfo de conhecer bem de perto seu consumidor e suas necessidades. “Inovação e criatividade fizeram toda a diferença em 2017, tanto que a crise econômica, que afetou diretamente o poder de compra da população, não abalou da mesma forma o setor pet, que continua crescendo,” comemora Priscila.

 

Linha profissional de maior rentabilidade

Mapeando algumas mudanças no comportamento dos donos de animais de estimação, a empresa diversificou seus produtos. “A gente tem buscado novos mercados. Hoje tenho uma linha profissional para quem trabalha com banho e tosa, que é uma tendência crescente. Ninguém mais dá banho no cachorro em casa”, pontua Priscila. Percebendo isso, o Laboratório Mundo Animal lançou a linha Dog&Co, com produtos que oferecem mais rentabilidade com diluição 9×1. São shampoos, condicionadores, máscaras hidratantes, colônias, entre outros, para clínicas e pet shops que prestam o serviço.

 

Suplementar para não remediar

Uma das principais bandeiras do Laboratório Mundo Animal é a prevenção. Sua linha de suplementos alimentares Nutrisana visa prevenir doenças e melhorar a vida do seu pet, consequentemente, diminuindo o uso de medicamentos. “Você precisa tratar a raiz do problema, então nossa linha de suplementos atua nas deficiências imunológicas dos animais, da mesma maneira que os humanos, as mascotes também precisam dessa suplementação”, explica Priscila.

A linha Nutrisana contém produtos como o Ômex 3, que ajuda na função cognitiva e na absorção dos nutrientes no intestino, além de produtos que são coadjuvantes no tratamento de câncer, fortalecimento de hemácias e glóbulos vermelhos.

É um mercado muito competitivo. Temos várias empresas aí, mas o que falta é a disseminação do conhecimento. Todos os laboratórios têm produtos, sai na frente quem foca no atendimento, no serviço prestado, na inovação e, principalmente, em fornecer informações que as pessoas ainda não têm”, explica Priscila.

 

Novo nicho

E como as palavras de ordem são inovar, crescer e satisfazer, além de manter os bons resultados, em 2017 o Laboratório Mundo Animal iniciou atividades no mercado em Aquarismo.

“Estamos focando fortemente em novas tecnologias, negócios e lançamentos de produtos. A ideia é ampliarmos nossa atuação dentro do setor pet, por exemplo, investimos na compra de uma empresa no segmento de aquarismo e iremos trabalhar forte em cima disso”, ressalta a executiva. “O mercado de peixes ornamentais no Brasil está nas mãos de apenas um ou dois players, então há muito espaço para o crescimento”, completa.

 

Confiança e crescimento

Mesmo em um ano eleitoral e com o cenário econômico indefinido, a executiva está otimista quanto aos novos investimentos e oportunidades.“Há um ambiente favorável para novos negócios. Temos expectativa que uma grande rede de supermercados introduza uma loja pet em cada unidade. Você precisa estar com seus produtos nesses lugares, para capitalizar e conseguir bater de frente com as multinacionais.”

 

 

 

 

Comentários
Carregando...