Tendências da Década 2020 a 2029 – Parte 3

No início da década atual, o médicoveterinário Dr. Ronald Glanzmann foi convidado para proferir palestra na Sacavet da USP sobre o tema “Tendências da Década”.

Nesta terceira parte da reportagem, após o apontamento das 12 grandes tendências, o médico-veterinário Ronald Glanzmann teve o cuidado minucioso de buscar as opiniões de empresários e médicos-veterinários atuantes nas mais diversas esferas do segmento e que fizeram parte de transformações diretas e indiretas no segmento veterinário de pequenos animais nos últimos 20 anos, os quais expõem suas sinceras opiniões a respeito das tendências para a próxima década.

Nunca tantos profissionais de destaque estiveram reunidos numa só reportagem compartilhando suas visões para apoiar os empresários do segmento a nortearem o rumo de seus negócios e estratégias. De forma geral se observa que as opiniões estão alinhadas com as 12 tendências apontadas. Nesta e na quarta e última etapa da reportagem o leitor poderá apreciar depoimentos de alguns dos nomes mais influentes do segmento veterinário brasileiro.

O mercado terá transformações importantes e, se preparar e adaptar para elas, poderá fazer a diferença entre surfar na onda tsunami que vem por aí ou ser engolido por ela.

 

Opiniões das pessoas que movem o mercado

“Estamos cada vez mais conscientes da importância de uma reeducação alimentar em busca da saudabilidade. Essa tendência também chegará ao mercado pet em geral. Afinal, o que é o melhor para o ser humano também é o melhor para nossos bichinhos de estimação.”

Carlos Wizard – Empresário proprietário de diversas redes, dentre elas, Mundo Verde.

 

“O futuro dos serviços veterinários tendem a caminhar como já está acontecendo na Europa e principalmente USA e Canadá, agora já iniciando no Brasil e Japão grupos de investimentos focando em aquisição de estabelecimentos de serviços veterinários, suporte às clínicas, lojas e redes de comércio trazendo gestão e aprimoramento deste setor e por consequência um aumento da qualidade de serviço ofertada e melhorando ao mesmo tempo o aumento geral da procura pelos serviços em geral de medicina preventiva e qualidade de vida dos pets. Tendência a sair da informalização e focando em melhores resultados e crescimento exponencial do setor. No Brasil já temos exemplos da rede Petz, Petland, Petcare VCA e outros.”

Dra. Carla Alice Berl – Fundadora Pet Care.

 

“A profissionalização de processos e uso de tecnologia será o diferencial dos negócios veterinários nos próximos anos. As empresas do segmento veterinário têm que encarar a inovação como filosofia, método e de alcance a toda organização.”

Eduardo Pacheco. M.V. Sócio do Grupo Santa Inês e diretor da ABHV (Associação Brasileira de Hospitais Veterinários).

 

“O grande desafio do mercado pet é a manutenção da qualidade de um atendimento humanizado ao tutor e altamente técnico e afetivo aos animais, conjugado com as inovadoras ferramentas de prestação de serviços otimizados através da tecnologia.”

M.V. Rodrigo Lorenzoni – Deputado estadual do governo Rio Grande do Sul.

 

“De 2020 até 2029 a tendência do mercado pet nas vendas on-line vai ser a comodidade com personalização, atendendo às necessidades dos pets. Uma evolução do que a Petlove lançou em 2015 com o sistema de assinatura. As empresas do segmento pet com presença digital (on-line) deverão entregar uma solução cômoda, baixo custo, personalizada para os tutores resolverem suas necessidades com seus pets.”

Marcio Waldman fundador Pet Love.

 

 

“Nossa aposta é que nesta década entrante, o médico-veterinário e o lojista passem a realizar suas compras de forma on-line, otimizando seu tempo dedicado ao atendimento e recepção com visitas físicas e telefônicas de vendedores! O tempo é a grande moeda da década!”

Rogério de Paula – Fundador Petfarma, distribuidora on-line.

 

“A transformação digital traz impactos relevantes para todos os mercados e negócios, principalmente para o capital humano que precisará desenvolver novas habilidades e competências para acompanhar o ritmo frenético de toda esta evolução! O consumidor mais bem informado e empoderado é o principal protagonista dessa evolução!”

Adir Ribeiro – CEO e fundador da Praxis Business.

 

“O desafio para o crescimento do mercado pet nos próximos anos está muito mais ligado aos valores pessoais, emocionais e morais do que às tecnologias. Inovar na modernidade é obrigação. Mas conjugar inovação e resultado sem perder o foco nas pessoas e seus pets é o grande desafio. Se comprometer com resultado, com venda, garantirá seu emprego durante algum tempo. Se comprometer com a vida amplia seus horizontes ao infinito. Compromisso com a venda sem Compromisso com a Vida? Pense nisso!”

Alexandre Bragard – Co-founder Inovet

 

“As redes sociais onde existe comércio de produtos e serviços e que permitem seus membros compartilhar suas experiências crescerão de forma relevante nos próximos anos. O segmento pet se destacará sobremaneira, pois reúne os atributos mais fortes para este ambiente: conveniência, recorrência, relevância, amor e o orgulho dos tutores pelos seus amigos peludos!

Rodrigo Navarro Marti, CWS digital.

 

“A especialidade de Oncologia ganhará cada vez mais importância no atendimento de cães e gatos, visto a incidência cada dia maior de casos de câncer em animais de estimação. Considerando esse cenário, os médicos-veterinários que atuam na área de pequenos animais devem buscar especializações nessa área de conhecimento, com o objetivo de promover atendimento mais personalizado ao paciente com câncer, visando um melhor prognóstico associado com a qualidade de vida ao longo de todo tratamento.”

Prof. Dr. Andrigo Barboza De Nardi – Médico-veterinário Oncologista – Diretor do Hospital Veterinário Unesp Jaboticabal e pesquisador convidado Master Minds Inovet.

 

“A nutrição funcional hoje tem um destaque predominante no tratamento de doenças crônico-degenerativas, pois os nutrientes têm a competência de tratar cada componente pertencente aos trilhões de células, dando competência para cada uma delas realizar sua função específica, a fim de fazer funcionar todos os sistemas orgânicos. Essa já é uma realidade sem volta em humanos. Agora se faz necessário conscientizar a área veterinária da mesma necessidade, já que os pets também precisam de um competente e sincronizado funcionamento celular, para manutenção da saúde e maior longevidade.”

Profa. Dra. Rute Mercurio – Nutricionista Funcional – Fundadora Cursos Ultrabem e pesquisadora convidada Master Minds Inovet.

 

“Novos conceitos e linhas de pesquisa crescem a cada momento na Endocrinologia Veterinária, cada vez mais descobrimos diferentes façanhas e olhares para um mesmo distúrbio metabólico. Tais tendências mostram que o caminho a ser seguido não só na Endocrinologia como em todas especialidades veterinárias é tratar cada paciente como um indivíduo único, sem receitas fechadas e diagnósticos engessados. A Medicina Veterinária vem a cada momento mostrando que tão importante e indispensável quanto a qualificação técnica é o respeito pelos pacientes, o que envolve buscar cada vez mais conhecimento do paciente como um todo, aumentando assim, sem dúvida alguma, sua longevidade e qualidade de vida.”

Profa. Dra Flávia Tavares – Médica-veterinária Endocrinologista – Fundadora ABEV – Intergávea – Vet Fãs – Pesquisadora convidada Master Minds Inovet.

 

“Individualidade e praticidades são as duas palavras que difinirão os próximos anos. Os indivíduos não aceitarão prescrições iguais e tratamentos inviáveis. Na Veterinária, o tutor buscará profissionais que individualizem os animais em protocolos e formas farmacêuticas de fácil utilização.”

Prof. Dra. Verônica Cristina Gomes Soares – Farmacêutica e Bioquímica – Unip e Master Minds Inovet.

 

“Os animais estão vivendo mais por vários motivos. Existem mais animais por família no Brasil do que crianças. O pet hoje é um membro da família e consequentemente o investimento nele é maior do que antigamente. Hoje o pet dorme no quarto e na cama da família. O elo entre o tutor e o animal é forte, um relacionamento de amor e lealdade. Dessa forma os animais têm mais qualidade de vida, usam produtos de qualidade e possuem tutores mais exigentes. Esses tutores hoje pensam bastante na prevenção, o que fortaleceu o crescimento de planos de saúde nesse mercado. Na minha área, Nefrologia, o mercado é promissor. Tanto no investimento de equipamentos para tratamentos modernos como hemodiálise e litotripsia, assim como na criação de cursos para capacitação de veterinários nesta área.”

Profa. Dra. Karine Kleine – Médica-veterinária Nefrologista – CDMV – DOK – Vice-presidente do Colégio Brasileiro de Nefrologia e Urologia Veterinária – Pesquisadora convidada Master Minds Inovet.

 

“Assim como o mercado pet internacional evoluiu muito na questão de prevenção da saúde do pet, estamos caminhando rápido para isso ocorrer no Brasil! Já temos CVA comprando hospitais por aqui, o que nos trará desenvolvimento e profissionalização que ainda são muito ausentes nesse segmento de saúde no nosso país! Serão anos prósperos em que o tutor terá o que existe de melhor para seu amigo/filho!”

M.V. Valéria Pires Corra – Diretora técnica da rede Petz/Seres.

 

 

“A Medicina Veterinária caminha na preservação do meio ambiente, cuidando da saúde humana e animal e, assim, constituindo a saúde única. E mais, o segmento pet desponta tendo o médico-veterinário clínico como o grande agente em saúde única!”

Dr. Francisco Cavalcanti de Almeida – Presidente do CFMV – Conselho Federal de Medicina Veterinária.

 

 

“A nutrição de animais de estimação exige uma atualização constante com base em pesquisas e testes de campo. Ao contrário dos animais de produção, a tendência dos alimentos para cães e gatos será de atender necessidades individuais com base em uma nutrição que apresente propriedades funcionais e que tragam principalmente a prevenção de eventuais problemas de saúde. Fórmulas exclusivas e personalizadas com base nas necessidades nutricionais de um determinado indivíduo e com suporte da genética. Quando o dono levar o pet ao veterinário, por exemplo, e receber o diagnóstico de alguma doença ou deficiência nutricional, terá a opção de entrar num determinado site e solicitar o preparo do alimento específico e que supra as necessidades do animal. Os produtos serão enviados e entregues em domicílio. Um grande cuidado é com os nutrientes e a formulação adequada às espécies citadas. É fato que a humanização é um caminho sem volta e cabe a nós profissionais a responsabilidade de uma orientação correta a fim de evitarmos modismos e a nutrição humanizada dos pets.”

M.V. Yves Miceli De Carvalho – Nutricionista Clínico de Cães e Gatos – Diretor da YMVET Consulting – Consultoria Especializada em Nutrição Clínica de Cães e Gatos – Diretor Executivo Anclivepa Brasil.

 

“Nos próximos anos o mercado dos alimentos úmidos deve crescer, já que há uma tendência dos tutores pela busca de alimentos mais naturais, sem conservantes, corantes, etc… Nesse mesmo contexto, alimentação natural também deverá se destacar, com modalidades variadas, desde as dietas cozidas até dietas cruas com ossos. Ao mesmo tempo em que cresce o interesse por alimentos naturais que competem com a alimentação humana, há uma necessidade na busca por alternativas às matérias-primas convencionais, como por exemplo as farinhas de insetos. Estamos vivendo na era dos extremos, enquanto uma parte da população está preocupada em alimentar seus animais com seus próprios alimentos, outra preocupa-se em como reduzir a fome no mundo.”

Profa. Dra. Manuela Fischer – Coordenadora da Pós-graduação em Nutrição Clínica – Qualittas.

 

“O mercado pet vai vivenciar um aumento absurdo de novas tendências e conhecimentos na área de saúde. Os avanços serão enormes em todas as áreas de atuação. Deixar de aprender será omitir socorro!”

Prof. Dr. Luis Fernando Moraes – Fundador Integrativa Vet.

 

 

 

Comentários
Carregando...