Pet Shops e Agro Shops3 min para ler

Adaptando-se às mudanças do mercado pet.

As pet shops e os agro shops precisam se adaptar às mudanças que ocorrem tanto no mercado interno como no externo, este último influenciador de nossos desejos. Acontecimentos políticos, sociais e ambientais fazem com que o consumidor reaja de várias maneiras frente ao mercado.

Ambientes diferentes podem gerar problemas para as empresas, mas também ser fontes de oportunidades para criação de produtos e serviços que amenizem e até resolvam esses entraves.

Os serviços médicos-veterinários não param de crescer. As maiores empresas investem pesado no setor porque têm conhecimento dessa expansão ao longo dos anos. Mas se nossas vendas de serviços e produtos forem feitas da maneira que fazíamos no século passado, simplesmente estaremos fora do mercado em um curto espaço de tempo.

Pet shops e agro shops modernos são aqueles que têm como objetivo crescer dirigidos ao consumidor. É necessário orientar-se pelas leis que regem e regulamentam o comércio de serviços e produtos para animais de companhia. Existem decretos e leis tanto na esfera estadual como na federal, como o decreto 40.400 de 09/96.

Muitas dessas lojas desconhecem o rigor da lei e a infringem oferecendo serviços e produtos com o padrão de qualidade exigido. Estabelecimentos veterinários devem estar prontos e adaptados para atender às necessidades, identificar os desejos e as verdadeiras demandas do mercado consumidor.

O que se observa, então, é que a partir dos anos 1980, a visão de marketing pelas empresas tornou-se mais clara. Começamos a praticar os programas de qualidade total, pois havia a necessidade das empresas se voltarem para os consumidores finais.

O conceito de marketing tem de ser explorado. É aproveitado por muitas empresas que procuram administrar melhor o seu preço.

A valorização do produto ou do serviço para atender ao mercado cada vez mais exigente é um dos pontos principais da missão de pet shop e agro shop. Inovar sempre para que o público-alvo possa acompanhar o desenvolvimento mundial, em uma tendência chamada, até então, de globalização.

As empresas bem-sucedidas são precedidas de um planejamento a médio prazo. No mercado tão competitivo de hoje, cada vez mais vale tudo, desde uma boa estratégia de marketing e até aquisições de concorrentes. As grandes empresas do ramo já definem o seu canal de distribuição e vendas definindo, assim, quem serão seus revendedores ou distribuidores e onde, como e quem serão seus pontos de venda.

Sabemos que para cumprir as responsabilidades perante o cliente-consumidor, os estabelecimentos de vanguarda precisam de planejamento, execução e acompanhamento de marketing. Necessitam também se adequar, se houver algum fator que venha mudar o panorama atual do negócio, prevendo como será a demanda.

Podemos destacar que a falta de uma administração profissional de marketing acarretará muitas vezes em ações predominantemente empíricas e sem qualquer planejamento que levará ao insucesso.

 

Francis Magno Flosi é professor, médico-veterinário, acadêmico da Academia Campineira de Letras, Ciências e Artes das Forças Armadas, diretor-presidente do Grupo Qualittas e presidente da ABVET (Associação Brasileira de Veterinários Especialistas).

Comentários
Carregando...
Novo Assinante