Layout e embalagem – Aparência profissional3 min para ler

Não podemos negar que o aspecto externo é o primeiro que observamos.

Comprando legumes, verduras e frutas, nós procuramos selecionar aquelas que nos apresentam serem melhores, coloridas e viçosas. Num evento social, por exemplo, dirigimos nossos olhares para aqueles que estejam com roupas e cabelos mais atraentes. Em uma viagem de férias procuramos escolher um local onde a paisagem seja maravilhosa e nos faça bem aos olhos. Já comentei anteriormente que temos uma única chance de causar a primeira e única boa impressão.

Por isso vamos cuidar e contemplar alguns aspectos:

Aparência: Banho tomado, cabelo cortado, unhas limpas e aparadas, dentes escovados. Esses itens parecem óbvios para um profissional, mas há quem negligencie estes itens que, por mais simples que pareçam, já fazem parte do primeiro passo para a caracterização de uma imagem positiva.

Roupas: Para cada momento, para cada situação, para cada ambiente uma roupa apropriada para aquela situação. Da mesma maneira que você não vai à praia de terno, um uniforme bem desenhado ou um avental sobre camisa e gravata seria a melhor recomendação para o dia a dia na empresa. Não pense que combinar roupas, cores e tecidos é coisa complicada, é bem mais fácil do que pensa, mas sempre priorizando o seu conforto e sua praticidade. Roupas bem escolhidas e adequadas podem compensar uma baixa estatura ou um excesso de peso.

Acessórios: Tatuagens, anéis, correntes, pulseiras, brincos podem ser permitidos, desde que sejam utilizados de forma básica e regrados. Lembre-se que joias e abotoaduras só para eventos festivos. Há quem use o perfume de maneira para ter sua presença marcada por aromas.

Etiquetas: Firmar uma marca denota uma boa apresentação. Informação e conhecimento a respeito não fazem mal a ninguém. Em caso de ser um palestrante, por exemplo, é importante que você tenha conhecimento de como compor a mesa de uma cerimônia e como agradecer e homenagear aos presentes, com base na hierarquia deles.

Postura: Apresentar ergonomia faz a diferença em nossa apresentação. Por exemplo, não devemos nos portar de cabeça inclinada, ombros arqueados, tronco curvado. Nossos interlocutores analisariam este comportamento como estar transparecendo um profissional derrotado ou infeliz com seu negócio. Uma postura positiva de profissional elegante ao assentar-se e ao caminhar demonstrará altivez e que é um profissional com autoconfiança e independente, além de contribuir sensivelmente com a sua saúde.

Vocabulário: No nosso negócio não podemos apenas nos apresentar fazendo poses de modelo fotográfico. Nós teremos que usar da palavra para podermos nos comunicar com os clientes consumidores e com isso sedimentar nossos atributos e nossa imagem. Devemos ter muito cuidado com erros de linguagem que podem destruir toda a comunicação feita anteriormente. Atenção redobrada ao usar pronomes e trocá-los, “eu X mim”, “menas”, “poblema” e derivados.

Boas leituras ajudam a termos uma linguagem perfeita e conexa. Com isso certamente aumentaremos nosso vocabulário e ganhamos maior versatilidade para falar em público. Não menos importante e também preocupante é com a escrita. Redigir laudos, receitas, ofícios e até bilhetes prestando-se atenção em erros às vezes banais, mas passíveis de ocorrer, tais como “essessão” ou “quizer”, entre outras palavras.

Saúde: Apesar de falarmos somente agora sobre ela, mas ela é o aspecto mais fundamental e deve ser levado em conta. Digo isto, pois ela faz parte tanto em termos de marketing pessoal quanto de qualidade de vida. Estar saudável, mais do que apenas parecer bem, faz parte de um processo em primeira mão para construção de sua marca pessoal. E quando falo em estar saudável implica dizer que deve ter sono reparador, alimentação correta e balanceada com associação de atividade física, entre outros aspectos de uma vida saudável.

Francis Magno Flosi é professor, médico-veterinário, acadêmico da Academia Campineira de Letras, Ciências e Artes das Forças Armadas, diretor-presidente do Grupo Qualittas e presidente da ABVET (Associação Brasileira de Veterinários Especialistas).

 

 

Comentários
Carregando...