Vale a pena investir em fotografia de animais?

Conseguir uma boa foto de animais não é fácil, por isso nós passamos anos nos profissionalizando para hoje trabalhar com pessoas e empresas que buscam este serviço mais especializado.

Há cinco anos a empresa Click Pets – Fotografia de Animais começava seu trabalho, mal se ouvia falar em fotografia pet no mundo, quanto menos em Curitiba – Paraná. Desde então o cenário foi mudando bem rápido devido ao crescimento de todo o mercado mundial que envolve animais. Aumentou a quantidade de lojas com artigos para as mascotes e a variedade de serviços para eles também. “Isso fez com que empresas começassem a nos procurar para terem uma melhor apresentação do seu produto ou serviço, fazendo assim um diferencial diante de seus concorrentes.

Donos de animais de estimação também começaram a nos procurar com frequência para eternizarem uma lembrança bonita dos seus bichinhos por meio do nosso trabalho com fotografia pet. Para eles vamos além das lindas imagens, entregando quadros e produtos personalizados com as fotografias dos seus animais amados”, declara Joana Alves, que é formada em Fotografia pela UTP-PR e há cinco anos chamou sua sócia Calliandra Anderle, que é bacharel em Direito, para formarem a primeira empresa de fotografia pet de Curitiba.

Conheça um pouco mais sobre esse mercado de fotografia pelo olhar dessas duas empreendedoras paranaenses.

 

Negócios Pet: Como foi a especialização em foto pet?

Calliandra Anderle: Nós temos a preocupação, desde o início, com o bem-estar dos animais que fotografamos, estudamos não só a parte técnica da fotografia, mas também comportamento animal, para fazer tudo profissional, segura e rápida. Para que seja uma experiência legal tanto para os bichinhos quanto para seus donos.

 

NP: Quem são nossos clientes?

CA: Hoje trabalhamos tanto para as famílias que amam seu animal de estimação quanto para empresas e marcas que desejam fotos de seus produtos e serviços (com ou sem animais nas fotos) ou para realizar campanhas de marketing com fotografias de animais específicos ou em determinadas poses. Algumas dessas empresas que nos procuram são pet shops, creches ou hotéis pet, marcas de ração e outros alimentos para animais, canis, grife de roupas e acessórios, profissionais como também passe adores de cães (dog walker), babás de gatos (cat sitters), profissionais de estética animal (pet groomer), atendemos inclusive algumas empresas que não são do mundo pet, mas querem fotos em que um animal esteja presente e precisa de fotógrafo mais especializado. Além disso, qualquer pessoa que procure uma fotografia de animais para usar no seu negócio pode ser nosso cliente, além dos ensaios fotográficos também oferecemos um banco de imagens que inclui fotografias previamente autorizadas que são disponibilizadas para compra para quem não faz questão de um modelo ou pose específica para seus projetos.

 

NP: Quais são os tipos de ensaios e onde eles acontecem?

CA: Fotografamos muito em locais ao ar livre e em casa dos clientes, mas em 2016 inauguramos o nosso estúdio fotográfico que fica no bairro Mercês, aqui em Curitiba, o que foi muito importante porque vivemos em uma cidade conhecida pelo clima instável e previsões de tempo meio incertas. No estúdio produzimos ensaios para fotos com fundos de estúdio mais diversos, na maior parte das vezes são fotos de animais, se não animais e produtos ou somente de produtos. Tivemos ensaios em cafés da cidade e locais mais urbanos que aceitam animais também.

 

NP: Qual o tempo de duração do ensaio pet?

CA: Antes do ensaio nós sempre separamos um tempo para fazer a socialização com os animais, nem todos são acostumados com equipamentos como flashes e câmeras e procuramos que eles fiquem bem confortáveis com os materiais e com a nossa presença, isso pode demorar um pouquinho dependendo do caso, isso pode levar até uns 30 minutos. Mas no geral como estamos falando de animais, quantos mais elementos, pessoas ou produtos que forem participar do ensaio, mais tempo será necessário.

Entre os pacotes para pessoas físicas, fazemos ensaios apenas do animal, ensaios de casal com pet, de gestante, família com seus bichinhos, independente se vai durar 2 ou 4 horas nós costumamos reservar meio período do dia pra isso para garantir que tudo vai dar certo, pois a pressa e fotografia de animais não combinam, usamos várias técnicas de adestramento durante as fotos, mas é tudo feito no tempo deles. Algumas pessoas, por exemplo, desejam que seus animais sejam modelos famosos e nos procuram para fazer seu Portfólio de Modelo, esse tipo de ensaio vem com 15 fotos e dura cerca de 2 horas, geralmente feito em estúdio com fundo branco ou preto. Para empresas o tempo varia de acordo com o projeto, alguns precisam de apenas um ensaio com um modelo, alguns precisam de mais ensaios, mais animais e até mesmo pessoas envolvidas. Como esse tipo de ensaio para fotografia publicitária requer uma qualidade ímpar no trabalho, costumamos levar um tempo maior na sua produção e envolver no projeto mais colaboradores.

 

NP: Como funcionam as fotografias em pet shops e para profissionais de estética animal?

CA: Realizamos diferentes tipos de ensaios para eles, como os clássicos de antes e depois, ensaios temáticos (Dia das Bruxas, Natal, Carnaval) com animais caracterizados com enfeites temáticos após o banho e tosa, esses ensaios sempre têm uma ótima repercussão nas redes sociais das empresas. Profissionais de estética animal nos procuram com frequência, muitas vezes eles se dedicam num tratamento de pelagem por meses, ou se especializam em tosas especiais e penteados, e com isso sentem a necessidade de ter fotos profissionais que valorizem o seu trabalho. Os ensaios para pet groomers podem ser feito tanto em estúdio como em locais externos ou até mesmo no seu ambiente de trabalho. Também nos procuram para realizarmos a cobertura fotográfica de participações de concursos e workshops.

 

Dicas para profissionais do ramo pet fotografarem animais no dia a dia:

 

1) Tenha a câmera sempre em mãos

Não adianta ter a melhor câmera do mundo e ela viver longe de você, ou sem bateria. Seja prático e mantenha a sua câmera perto de você, os bichinhos são bem ligeiros e costumam sair da “pose” rapidamente.

 

2) Seja paciente

Para animais não adestrados, é preciso ter muita paciência para capturar. O plano é observar e esperar. Ser paciente é muito importante, pois mantém uma energia calma no ambiente, não quer que o animal fique estressado, quão mais calmo ele estiver, mais provável você conseguir capturar imagens com expressões mais naturais. Então o melhor a fazer às vezes é mesmo esperar atentamente o momento ideal para o click.

 

3) Preste atenção ao fundo

O fundo é quase tão importante quanto o modelo, mas nem sempre é fácil de lembrar dele na hora dos cliques. Depois, quando você olha a foto percebe umas coisas estranhas acontecendo lá no fundo da imagem. Ninguém quer ter uma foto estragada por um detalhe desses, certo? Por isso a nossa dica é, antes de começar a fotografar, olhar para tudo que pode acabar aparecendo na foto e arrume do jeito que achar que fica melhor.

 

 

Comentários
Carregando...