Revista Negócios Pet

Raças – Curl Americano Pelo Longo: O Peter Pan dos gatos

Esta é mais uma das raças nativas dos Estados Unidos.

A história do Curl Americano começa na Califórnia, em 1981, quando a família Ruga adotou uma gata preta de rua, que possuía pelagem semilonga e orelhas enroladas. A gata teve uma ninhada de quatro filhotes, sendo que dois deles também possuíam orelhas dobradas. Uma amiga da família e criadora de gatos, Nancy Kiester, apresentou esses gatos em uma exposição e obteve grande sucesso, dando início à criação do American Curl. A variação Longhair é a variação original da raça, mas posteriormente foi obtido o American Curl Shorthair.

A raça é aceita pela Tica desde 1985, pela CFA desde 1993 oficialmente. Na Europa foi primeiro introduzida na França e anos mais tarde na Inglaterra. Ainda assim o American Curl é raro fora dos Estados Unidos. O gene responsável pela curvatura das orelhas do Curl Americano é diferente daquele encontrado no Scottish Fold.

Também chamado de American Curl Longhair, além da variação de pelagem semilonga existe a de pelagem curta. Seu aspecto mais conhecido e marcante são suas orelhas dobradas ou “enroladas” (Curl), decorrentes de uma mutação genética em um gene dominante que leva a curvatura do pavilhão auricular do gato. A dobra se apresenta em três níveis: ligeiro rebatimento, curvatura parcial e curvatura completa, sendo esse último o formato mais procurado e que lembra uma lua em quarto crescente.

O Curl Americano Pelo Longo é bastante indicado para pessoas que já possuem outros animais de estimação ou que precisam de um felino de fácil adaptação. É também um bom companheiro para aposentados, famílias com crianças e pessoas que nunca tiveram um bichano.

Seu temperamento é descrito como equilibrado, sendo um gato de fácil convivência e que não costuma miar. Sociável, convive bem com crianças, outros gatos e com cachorros. É bastante sensível, carinhoso e apegado com seu dono. Gosta de brincadeiras, sendo comum se manter brincalhão mesmo em idade avançada, e precisa de algum espaço para se exercitar, apesar de se adaptar bem às mais variadas situações.

Felino de médio porte, pesa entre 3 e 5 quilos. A cabeça é proporcional ao corpo, sendo um pouco mais comprida do que larga. Olhos grandes e inseridos afastados, em formato de noz e com cor sem relação com a pelagem, viva e profunda. Orelhas de médias para grandes, largas em seu local de inserção e com pontas arredondadas, a dobra pode ser de 90 a 180 graus. Pelos finos e sedosos, com bastante subpelo, sendo a variação mais frequente. Todas as cores e padrões são aceitos para a raça. A maturidade da raça ocorre entre os 2 e 3 anos. Sua orelha se enrola por volta do quarto dia de vida, mas só atinge sua curvatura definitiva entre os 3 e 4 meses. A raça exige apenas escovação semanal e cuidados com a limpeza de seus ouvidos.

Fonte: www.cachorrogato.com.br

Gostou do conteúdo desta matéria? Compartilhe com seus amigos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Revista Negócios Pet

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.

Receba nossas novidades e promoções

Fique tranquilo, não enviamos spams e nem compartilhamos seus dados.

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.