Conheça as principais tendências do mercado pet

Descubra como se destacar nesse competitivo mercado.

Certamente, você já tem uma boa ideia sobre a expansão do mercado pet. O que talvez você não saiba é que, em 2018, o Brasil já era considerado o 2º maior país do mundo em população de cães, gatos e aves, e o 4º maior em população total de animais de estimação.

Por isso, todo profissional do mercado pet e de qualquer setor é fundamental conhecer as tendências no mercado pet para 2019. Confira a lista feita pelo site pet.talknmb.com.br:

Humanização dos animais de estimação

Não é de hoje que os animais deixaram de ser vistos como meros bichos e passaram a fazer parte da maioria das famílias. Eles são terapêuticos, amorosos e, além disso, tornam um lar mais harmonioso.

Sendo assim, humanizar os animais de estimação é uma prática muito comum: chamar o pet de filho, adotá-lo como membro da família, dar beijo e conversar com eles se tornaram hábitos cada vez mais crescentes nas residências.

E o processo de humanização tende a aumentar ainda mais, oferecendo oportunidades na área de serviços, acessórios pet e veterinária. Atualmente, o brasileiro gasta em média R$ 189 por mês com animais de estimação. Esse número sobe para R$ 224 quando analisamos as classes A e B, segundo levantamento do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) do Brasil e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas).

 

Ração de qualidade

Sabemos que se nós, seres humanos, queremos qualidade de vida, é necessário investir em consultas médicas, praticar exercícios físicos e manter uma dieta balanceada, não é mesmo?

Com os animais não é diferente! Cada vez mais, as pessoas estão em busca do bem-estar para os seus peludos, provendo a eles consultas veterinárias, atividades ao ar livre e também ração de qualidade.

De acordo com pesquisa conduzida pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas – CNDL, realizada em 2017, 51,9% dos tutores entrevistados alimentam seus animais com ração de linha Premium própria para o porte e raça, principalmente os pertencentes à Classe A/B, enquanto 22,2% compram ração com preço mais em conta e outros 14% compram ração de marca, ainda que sem ligar muito para a composição.

Alimentação saudável

As pessoas não estão apenas interessadas em buscar uma alimentação saudável para elas mesmas. Esse cuidado também se estende a seus bichos: antes de comprar uma determinada ração, os donos pesquisam se o alimento é (ou não) saudável.

Foi-se o tempo em que se dava restos de tudo que é tipo de comida! Os novos padrões de qualidade para o mercado pet afirmam que as pessoas buscam para seus animais alimentos com menos conservantes sintéticos e corantes. Assim, é possível prover para os bichos uma
alimentação segura e que traz ótimos resultados. Atualmente, podemos encontrar rações livres de grãos (ou com grãos integrais) e transgênicos. Há ainda rações que utilizam frutas em sua composição. Também há rações feitas com frango natural (aves criadas com rações naturais e sem hormônios) e rações vegetarianas (sem nenhum produto de origem animal), elaboradas de acordo com o peso do animal e seu estilo de vida.

No mercado, conseguimos ver o crescimento de empresas que produzem “marmitas” especiais para cães e gatos; e até biscoitos naturais. Este é um segmento que vem ganhando a atenção de empresários e futuros empreendedores, já que é onde os tutores mais investem com os animais de estimação.

 

Serviços especializados

A demanda pelos serviços especializados na área animal está cada vez maior. Mesmo com a crise, as pessoas buscam sempre por uma opinião ou serviço profissional que ajude a melhorar o dia a dia do seu pet.

Os donos não medem esforços para oferecer tratamento personalizado para o seu melhor amigo. Sendo assim, prezam em buscar empresas especializadas, confiáveis e bem avaliadas. Entre os serviços especializados estão: fisioterapia animal, reiki, massagem, creche e ensaios fotográficos.

 

Mobile pet grooming

Uma novidade que está fazendo sucesso em países como os Estados Unidos é o mobile pet grooming. Nesse serviço, veículos especializados vão até as casas das pessoas para oferecer o melhor tratamento para os bichinhos, tais como: tosa, banho e até mesmo atendimento veterinário. Essa necessidade surgiu porque a maior parte dos clientes das pet shops sofria ao ter que tirar o animal de casa (devido ao barulho, estresse e até mesmo receio de encontrar outros animais pelo caminho). Sendo assim, foi criada essa solução interessante, em que o serviço vai até à sua residência.

Plano de saúde
Devido ao envolvimento emocional, as pessoas não medem esforços para conter seus gastos mensais com seus pets — o plano de saúde animal é um exemplo disso.

Planos de saúde para cães e gatos vieram com tudo: eles funcionam, basicamente, como os planos de saúde para pessoas. Existem diversas categorias e coberturas e a família escolhe a que mais se encaixa com a sua realidade.

Dessa forma, não é preciso ficar preocupado em casos de urgência e emergência, tampouco em gastar um valor exacerbado com cirurgias e consultas veterinárias.

 

Táxi-dog

Uma das principais tendências no mercado pet para 2019 são os táxi-dogs. Isso porque ter que sair de carro com o bicho de estimação não é uma tarefa simples. Claro, existem casos em que o pet está totalmente acostumado e curte o passeio. Contudo, se esse não é o seu caso, a preocupação já começa ao pensar em ter que sair de casa, não é mesmo?

Para suprir essa necessidade, surgiu o táxi-dog: um carro totalmente especializado que leva o pet até o seu destino e depois retorna para o seu lar. Normalmente, as próprias estéticas animais indicam um táxi-dog para atender melhor e fidelizar seus clientes.

 

Espaços para animais

Sem dúvida, você já percebeu na sua cidade um aumento nas estéticas animais, certo? Antes, dificilmente as pessoas pensavam em levar o seu cão para tomar banho em uma estética. Na atualidade, isso já se tornou uma rotina para a maioria das famílias. Há uma infinidade de serviços nessa área, que estão se tornando cada vez mais especializados. Veja outros serviços a seguir:

Hotel
Chegam as temporadas de férias ou feriados e surgem os problemas dos tutores, que vão viajar e não podem levar o pet. Assim, surgiram os hotéis para animais, com a finalidade de promover diversão, cuidados e muita segurança enquanto seus pais estão fora.

Estes espaços estão cada vez mais modernos, investindo em câmeras de segurança para monitoramentos dos tutores, aplicativo, relatórios diários do comportamento do animal, entre outros.

 

Clínica de fisioterapia

Com o crescimento da humanização e da criação não responsável de raças pequenas, aumentaram também doenças ósseas e de pele. Um dos serviços de destaque é a fisioterapia, seja em salas com aparelhos especiais ou até mesmo na piscina. A busca por tratamento especializado para recuperação de cirurgias e lesões é cada vez maior.

 

Creches

Normalmente, os tutores trabalham o dia inteiro e não têm tempo nesse período para cuidar do pet. As creches suprem essa necessidade, entretendo o animal ao longo do dia e evitando que ele fique estressado a ponto de destruir a casa. O mercado pet está cada vez mais em expansão. Sendo assim, ficar de olho nas principais tendências no mercado pet para 2019 é uma excelente estratégia para quem deseja ampliar os seus conhecimentos ou implementar uma ideia na sua Foto: JackF / Istockphoto.com empresa.

 

 

 

Comentários
Carregando...