Os bichanos estão chegando

O mês de março chegou, o ano começou e o mercado pet está a todo vapor. Então, bora trabalhar e fazer esse novo ano mais produtivo e lucrativo que 2019.

Nossa edição 183 traz um caderno especial falando dos bichanos e como o amor por pet tem aquecido nosso universo. A paixão por gatos chama-se ailurofilia. O termo vem do grego, que significa gato + paixão e os brasileiros estão cada vez mais gateiros e os dados comprovam: já são mais de 22 milhões de gatos no país e a expectativa é ultrapassar 30 milhões até 2022, segundo dados do IBGE.

Além de serem animais inteligentes e amorosos, o aumento da população de felinos aconteceu também devido à mudança no estilo de vida das pessoas: independência e fácil adaptação a ambientes pequenos são alguns dos fatores que têm levado o brasileiro a se interessar e optar cada vez mais pelos bichanos.

O aumento da população de bichanos somado à mudança de comportamento dos tutores de gatos, que cada vez mais consideram o animal como um membro da família, tem sido um importante combustível para o desenvolvimento de pesquisas, produtos e serviços destinados a felinos.

Para ter ideia, de acordo com o estudo realizado pela CVA Solutions, tutores de gatos gastam cerca de R$ 200,00 mensais com seu bichano. Neste valor estão inclusas despesas com alimentação, produtos de higiene, veterinário e medicamentos preventivos como antipulgas, vermífugos e vacinas.

Quando o assunto é alimentação, existe uma tendência de crescimento no uso de rações úmidas, geralmente mais caras, mas mais apreciadas pelos gatos, o que só reforça a preocupação dos tutores em agradar seus felinos.

O mesmo acontece com produtos que vão além do básico, como acessórios e itens de enriquecimento ambiental, como camas, tocas, fontes, comedouros ergonômicos especialmente projetados para gatos e brinquedos à base de catnip. Ainda segundo a pesquisa citada acima, 33% dos tutores compram esses tipos de mimos para o seu pet.

Este aquecimento do mercado voltado para gatos movimenta também as pet shops. Além dos bichanos também outros assuntos, como sempre, de interesse do mercado e de todos os seus profissionais.

Pode vir março que estamos prontos!

Boa leitura!

 

 

 

Comentários
Carregando...