Mercados pet e vet em união1 min para ler

Dia 9 de setembro é Dia do Veterinário, um profissional imprescindível dentro do mercado de pequenos animais. Há décadas atrás os únicos que cuidavam dos pets. Com o tempo a sua função foi dividida com os esteticistas, que hoje também têm a função de dar atenção e cuidar, principalmente dos pelos de cães e gatos. Nossa edição de agosto tem um caderno especial voltado aos veterinários.

Os mercados pet e veterinário brasileiro apresentam índices muito positivos de crescimento. Por exemplo, o gasto médio mensal das famílias com os animais de estimação chega a R$ 189,00, de acordo com uma pesquisa conduzida pelo SPC Brasil e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas). Ainda segundo o relatório, não há predominância de fatores como gênero ou classe social na composição do perfil dos internautas que possuem pets: 50,2% são homens e 49,8% mulheres, enquanto 54,4% pertencem à classe C/D/E e outros 45,6% à classe A/B.

Já no mercado de trabalho, o Brasil é o país com maior quantidade de profissionais de Medicina Veterinária no mundo. Com mais de 140 mil profissionais registrados no CFMV (Conselho Federal de Medicina Veterinária). Segundo o órgão, há mais de 250 cursos de graduação em Medicina Veterinária no Brasil reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação).

A edição 164 também fala um pouco do que encontraremos na 18ª Pet South America, a vitrine do mercado pet, que também terá um pavilhão voltado para os médicos-veterinários, essa, sem dúvida, a grande novidade da feira, além do retorno de grandes marcas de rações e medicamentos. Confiram!

Boa leitura!

 

 

 

Comentários
Carregando...