E aí Brasil?2 min para ler

2018 começou e será que veio para nos mostrar que sim, que podemos ter esperança em mudanças ou que ainda vamos nadar, nadar e morrer na praia?

Não vou aqui expor nenhuma opinião ou preferência partidária e sim falar do que é justo e o que precisamos aprender como povo brasileiro.

No último dia 24 o senhor Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado em segunda instância. O que será agora? Vai preso ou não? Nossas leis ainda dão margens para dúvidas, mas tomara que a verdadeira justiça se faça e que nós povo brasileiro aprenda a discernir sobre o que é benefício ou malefício pra toda uma nação.

O mercado financeiro deu um sinal de que a credibilidade do país toma um fôlego novo com a condenação do ex-presidente. Para muitos especialistas o resultado ajuda a manter um ritmo de retomada da economia para os próximos meses. O julgamento foi acompanhado de perto pelo mercado. O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) subiu. A Bolsa reflete a temperatura dos agentes econômicos. O consumidor está aí de forma direta. Quanto mais bem-humorado [o mercado], significa mais empregos e menos juros. Segundo especialistas financeiros, outro resultado poderia ser considerado um golpe fatal em relação a esse humor.

E o que isso tem a ver com nosso mercado, tudo claro. Então é a hora de se reinventar, olhar os novos negócios, instituir novidades em seus negócios e empreendimentos e mudar o cenário. Economicamente, parece que se abriu uma luz e que nosso setor pode lucrar e muito em 2018 com tudo isso.

Então, passado o Carnaval, bora cruzar os dedos e trabalhar muito para que o mercado pet continue aquecido e que aumente sua lucratividade.

Aproveitando esse gancho, nossa edição 158 traz uma matéria falando sobre a profissão de adestrador,um negócio superlucrativo, que tem uma gama variada de atuação e segundo pesquisas uma profissão que está em ascensão nestes últimos anos.

Boa leitura!

 

 

Comentários
Carregando...