Aves: as queridinhas do momento?2 min para ler

Chegamos a mais um fim de ano, falta apenas um mês para as festas e um novo ciclo no calendário começar.

A essa altura já elegemos nosso presidente e seja qual tenha sido o resultado das urnas é torcer para que faça um bom governo e que nosso povo possa prosperar.

O consenso é a palavra-chave quando o futuro de nossos filhos está em jogo. Portanto, vamos dar um crédito aos eleitos, não importando se do centro, esquerda ou direita, e ajudá-los a governar e acreditar que todos já aprenderam a lição e estão escaldados das falcatruas.

Então, agora é hora de todos pensarmos positivamente, trabalhar e visualizar um Brasil cada vez melhor e, assim fazendo, com certeza o Universo irá conspirar a nosso favor.

Bom, agora falando um pouco da nossa edição de novembro trazemos como tema o mercado de aves ornamentais. Criar aves ornamentais tornou-se um negócio lucrativo, onde o mercado é promissor – com crescimento de 10% ao ano. De fato, o número de criadores de aves – como calopsitas, pavões e galinhas exóticas – tem crescido em todo o território nacional. De acordo com dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), no Brasil, já são mais de 39 milhões de aves domesticadas. E a calopsita é a ave ornamental preferida dos brasileiros por ser doméstica e de fácil manejo.

Trazemos também algumas entrevistas com empresários de sucesso que resolveram, depois de décadas em outros mercados, investir pesado no mercado pet, por considerar um setor promissor e que tem muito espaço para crescer e se aprimorar.

Além dos temas mencionados, também trazemos a segunda parte de um passo a passo feito com muito cuidado para ajudar de fato o tosador que quer se aperfeiçoar em técnicas e investir em bons produtos. E mais nossos eventos.

Boa leitura!

 

 

Comentários
Carregando...