Coronavírus: M.V. Sergio Lobato

Um dos maiores desafios na clínica médica veterinária e nos estabelecimentos congêneres como petshops e salões de banho e tosa será a mudança de hábitos que antes eram considerados pelos profissionais e sua equipe como “ exageros da responsabilidade técnica “.

Muito se falou nos últimos 2 anos sobre sepse na Medicina Veterinária, mas esquecemos de alertar para procedimentos mais básicos como o simples lavar de mãos durante os plantões veterinários, e como gestor técnico , posso afirmar que essa simples atitude sempre foi negligenciada pela maioria dos profissionais e equipes de apoio, sendo uma  parte essencial de todo treinamento em responsabilidade técnica que se pretenda realmente focado na biossegurança.

E aliado a isso a questão preocupante que os processos de higienização e desinfecção não seguem padrões mínimos de frequência, além do uso incorreto de produtos , muitas vezes  sem a indicação correta e outras com diluições inadequadas, e ainda com a escolha incorreta de metodologia de uso de produtos e acessórios de uso como MOPs por exemplo.

O uso de EPIs muito exigido no segmento de banho e tosa passa a ter um outro espectro de percepção de valor em biossegurança, mas ainda assim a resistência dos funcionários é enorme, e o treinamento de todos deve ser uma constante se pretendemos mudar este cenário em tempos de crise.

 

M.V. Sergio Lobato

Consultoria para Abertura e Gestão de Estabelecimentos Veterinários, Petshops e Salões de Banho e Tosa.

Treinamento de Vendedores e Gerentes de Petshops.

Único Curso Especializado de Responsabilidade Técnica para Clínicas Veterinárias e Petshops.

Assessoria em Legislação Pet visando atender às esferas de Fiscalização.

www.sergiolobato.com.br

 

Comentários
Carregando...