Revista Negócios Pet

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Coronavírus: Dr Yves Miceli de Carvalho e Dr Zohair Saliem Sayegh

A nossa classe necessita de muito apoio e suporte de informações.

A Anclivepa Brasil e suas 26 regionais estão empenhadas e atentas a atual situação de pandemia e se coloca a disposição da classe médica veterinária especializada em pequenos animais. Várias ações estão sendo aplicadas e preparadas em conjunto com as principais entidades do setor afim de garantir que o os colegas se protejam e consigam prestar serviços de qualidade e com segurança para sua saúde, de seus colaboradores, clientes e pacientes.

Com bases em protocolos de atendimento em centros veterinários ((vide infográfico elaborado pela Anclivepa Brasil EX:

1 – Marcação prévia Use o telefone ou WhatsApp ou o canal de comunicação oferecido para fazer a marcação da consulta ou para compra de medicamentos ou alimentos.

2 – Sala de espera Respeite o horário de marcação para reduzir o tempo de espera. Aguarde preferencialmente fora da clínica. Ao sentar-se, siga a norma de “um lugar sim, um não”.

3 – Higiene Na entrada e saída da clínica lave as mãos com sabão ou use álcool gel.

4 – Na consulta Apenas um acompanhante por animal. E pode ser que seja necessário aguardar fora da sala.

5 – Hospitalizações As visitas após animais internados deverão ser limitadas ou interditadas conforme o critério do diretor clínico

6 – Proprietários com sintomas Caso tenha visitado a clínica nos últimos 15 dias entrar em contato com a clínica informando dos sintomas.

Lembrando que os procedimentos podem ser ajustados a qualquer momento conforme as orientações do Ministério da Saúde. devido à Medicina Veterinária ser uma profissão comprometida com a manutenção da Saúde Única (animal, humana e ambiental), a Anclivepa Brasil e suas regionais se uniram com o Sistema CFMV/CRMV e a Academia Brasileira de Medicina Veterinária Intensiva – Bveccs, na realização  do Cadastro Nacional de Equipamentos Veterinários. A ideia é que esse levantamento seja colocado à disposição dos órgãos de saúde, contribuindo para a saúde da população.

 

Dr Yves Miceli de Carvalho

Dr Zohair Saliem Sayegh

Diretoria Executiva ANCLIVEPA Brasil

Agora Nossa Edição Digital é Gratuita!

Garanta a sua assinatura e receba mensalmente nossas Edições no Formato Digital

Outras matérias que você pode gostar

Receba avisos dos próximos eventos do setor pet
Inscrever
close-image