Um groomer a serviço do mundo

Flavio Fernandes sem dúvida é um nome referência dentro do mercado pet.

Pioneiro no setor há 33 anos no mercado, ele imprimiu sua personalidade em seus trabalhos e se tornou exemplo para seus colegas de profissão. Morando atualmente na Nova Zelândia, ele nos conta um pouco de como é trabalhar fora e como o profissional brasileiro é visto no mercado internacional.

Negócios Pet: Onde está agora e fazendo o quê?

Flavio Fernandes: Moro no Mount Maunganui (Tauranga), Nova Zelândia. Trabalho numa pet shop Show Dogs NZ onde comecei como groomer sênior e hoje sou manager. Também represento aqui na Nova Zelândia a linha DOG&CO do Laboratório Mundo Animal.

 

NP: Quais os prós e contras de mudar de país para trabalhar?

FF: Como contra, talvez só a saudade da família, dos amigos e de algumas coisas que estávamos acostumados como as comidas… Também tem a dificuldade da língua.

Como prós, a lista é enorme: segurança é algo fora do comum, aqui podemos andar tranquilamente nas ruas, mesmo estando com celulares ou máquinas fotográficas nas mãos. Paramos o carro sem ter que pagar flanelinhas ou sermos incomodados.

Tudo é feito para que aproveite ao máximo tudo o que o país oferece. Temos escolas, saúde. Dependendo do tipo de visto estas vantagens aumentam. Temos uma qualidade de vida aqui incrível, estamos sempre juntos, fazemos muitos passeios sem precisar gastar nada. Coisas que não conseguíamos no Brasil.

Aqui não pagamos os impostos absurdos que pagamos no Brasil, tudo é mais justo. Aqui mesmo quem ganha um salário-mínimo ou um pouco mais consegue ter um bom carro, ir ao supermercado e fazer uma boa compra, as crianças conseguem ter brinquedos e roupas boas. As leis são respeitadas.

 

NP: Como é trabalhar em outro país com banho e tosa?

FF: Aqui as coisas são bem diferentes, moro numa cidade pequena e na praia, as pessoas gostam que os cães tenham tosas práticas. Os cães caminham todos os dias na praia, faça chuva ou faça sol. Tive que me adaptar aos estilos e a maneira das pessoas aqui. No Brasil depois que terminamos o banho ou a tosa temos que colocar os cães quase que em uma redoma, para que ele fique impecável. Aqui os cães ficam soltos, todos juntos brincando. Os clientes preferem ver o animal todo bagunçado, mas feliz e brincando, não importa se vai estar babado. Uma vez terminei um cão e a dona estava esperando. Quando cheguei na recepção para entregar tinha chovido e o chão estava molhado, me ofereci para levar o cão até o carro dela, como sempre fazemos no Brasil e então ela começou a rir, pois ela nunca tinha visto isso. Por que levar no colo até o carro se ele iria caminhar na chuva. Talvez nas cidades maiores as coisas sejam um pouco mais parecidas com o Brasil. Temos que nos adaptar às misturas de raças e às raças locais, isto nos dá um aprendizado e uma bagagem enorme.

 

NP: Como é o mercado aí fora? Quais diferenciais?

FF: Aqui na Nova Zelândia o mercado ainda é um pouco amador, mas é um mercado em franca ascensão. Temos acesso a materiais de banho e tosa com preços muito melhores do que no Brasil, mas por outro lado no Brasil estamos anos-luz na frente no que se diz respeito a material humano e produtos de higiene e beleza. Este ano em uma parceria inédita aqui na Nova Zelândia o Laboratório Mundo Animal trouxe a linha DOG&CO, a primeira linha profissional Brasileira a entrar no país.

 

NP: O que se deve levar em consideração para fazer essa mudança?

FF: Um conselho que dou é que, antes de pensar numa mudança, se aprenda a língua local. Quando cheguei aqui na Nova Zelândia não falava uma palavra em inglês e isto dificulta muito. Também é bem importante verificar as leis de imigração e como proceder com os vistos. Depois de feito estas coisas é preciso ponderar o que se busca na vida.

Vejo no Brasil as pessoas buscando fama ou aparecer a qualquer custo. Se for isto o que procura é tudo mais difícil fora. Eu levei em consideração itens como: segurança, saúde, escola, qualidade de vida. No Brasil tinha um nome bem reconhecido, aqui sou um tosador e muito feliz com isso. Tenho qualidade de vida, tranquilidade.

 

 

Comentários
Carregando...