Thaís César Naves Borges

A jovem mineira que trocou o bisturi pelo universo pet.

Formada em Odontologia a mineira Thaís César Naves Borges decidiu trocar os bisturis e sorrisos bonitos por o universo de quatro patas. O motivo? Amor pelos animais, atualmente, com 26 anos apenas é proprietária de uma pet shop em Uberlândia e uma tosadora dedicada, que vem ganhando espaço em sua cidade. Conheça agora um pouco dessa jovem microempresária.

 

Negócios Pet: Quando começou no mercado pet?

Thaís César: Eu já era apaixonada por animais desde pequena, e sempre convivi e tive vários, todos tratados como filhos. Sempre fui uma consumidora de produtos e serviços para pets. Aí descobri que, assim como eu, inúmeras pessoas estavam cada vez mais em busca de novidades na área. Então, em 2018, decidi abrir minha própria loja em Uberlândia e oferecer serviços diferenciados. A partir daí pensei que como sou exigente com meus bichos, deveria proporcionar sempre o melhor para os peludinhos de outras pessoas. Com isso, comecei a procurar cursos especializados, módulos avançados, palestras e workshops sobre a área pet.

 

NP: Por que decidiu entrar nessa profissão?

TC: A escolha pela profissão surgiu, primeiramente, do amor pelos animais, como já havia falado. Por gostar e amar muito, acreditei que seria a profissão mais adequada para mim, uma vez que já tinha a experiência de cuidar dos meus. Além disso, nunca me encantei pela profissão que escolhi formar e sempre tive muito interesse pelo mercado pet. A decisão pela profissão em si veio assim que decidi abrir meu pet e percebi que queria adentrar ainda mais no ramo.

 

NP: O que mais lhe atrai dentro da sua profissão?

TC: O que mais me atrai é poder conviver mais ainda com os animais. Além disso, é um mercado dinâmico. Você precisa aprender cada vez mais sobre pets e suas diversidades. É um presente poder conviver todos os dias com esses peludinhos. E outra, como tutora de animais, sempre procurei pessoas capacitadas para cuidar dos meus pets e, pensando nisso, veio também a vontade de ajudar pessoas que, assim como eu, se preocupam com o bem-estar e com a saúde do seu pet.

NP: Você se especializou em alguma área dentro do banho e tosa?

TC: Sim. Pois acho de extrema importância ter uma formação certificada, pois é preciso sempre ter em mente que os animais sentem medo, estresse, angústia e por esse motivo é necessário saber lidar, para conseguir um bom resultado. Além disso cada cão tem um tipo de pelo e um tipo de corte que fica melhor. As especializações, cursos, palestras, dentre outras coisas, são necessárias para quem quer trabalhar na área.

 

NP: Se sim, qual e como?

TC: Fiz o curso de banho e tosa avançado e especializações em diferentes raças na Personal Pet escola em São Paulo. O proprietário da escola é o groomer referência Erick Morgado e o local é realmente ótimo pra quem quer aprender. Lá obtive a maior experiência para essa profissão com professores extremamente capacitados e qualificados, cada um deles foi essencial no meu crescimento. Como sou de Uberlândia, decidi procurar uma especialização da área realmente boa e completa, e, assim, acabei achando a Personal que me auxiliou em tudo que precisei, me proporcionando uma maior experiência, segurança e entendimento ao término do curso. Sei que dificuldades virão, mas estarei mais preparada para superá-las.

 

NP: Quais os desafios encontrados que mais lhe marcaram durante sua trajetória profissional?

TC: Um dos desafios que enfrentei foi como lidar com problemas em questão do banho e da tosa. Às vezes uma coisa simples como corte de unha me apavorava. Com o curso, criei uma maior segurança para lidar da melhor forma com esses problemas e passar confiança para os tutores.

 

NP: Como vê o mercado desde que começou? O que mais se modificou?

TC: O mercado pet ganha muito mais espaço à medida que o tempo passa. Antes, não víamos tanto cuidado e apego aos animais como vemos hoje. A sociedade evoluiu e começou a enxergar os animais com amor, com respeito e se preocupando com os filhos pets. Hoje vemos espaços para pets gigantescos, pessoas que se dedicam e abdicam de coisas para dar o melhor para seu animal. Acho que isso mostra o tanto que esse mercado é forte e o quanto ainda irá se expandir.

 

NP: O que acha que precisa melhorar?

TC: Hoje possuímos um mercado grande e com muita procura. Contudo ainda vemos muita crueldade e descaso com os peludos dentro de alguns estabelecimentos, o que poderia ser evitado com a procura por especializações ou por melhores treinamentos. Acredito que a escolha pelo profissional, a exigência de cursos, deva ser primordial para melhorar essas questões e para que não ocorra tantas negligências.

 

NP: Para você qual é principal característica de um groomer de sucesso?

TC: A meu ver, um goomer bem-sucedido deve, primeiramente, amar e ter todo o respeito pelos animais. Se não estiver incluído isso no pacote, não tem motivo para seguir essa profissão tão linda e que nos ensina tanto.

 

 

 

 

Comentários
Carregando...