Qual é a tua causa?4 min para ler

Quando conseguimos identificar o nosso propósito de vida, tudo flui: fazemos escolhas mais acertadas, desempenhamos melhor o nosso papel no mundo, conquistamos paz e felicidade.

O que te move? O que faz com que você levante da sua cama todos os dias? Qual o sentido do que você faz hoje? O que você busca realizar em seu trabalho e vida pessoal? Quais são seus objetivos e sonhos? Qual é a sua missão? Qual é o teu “porquê”? Não tem idade certa para descobrir as respostas a estas perguntas. Em algum momento da vida, ao se olhar no espelho e ver através da janela da sua alma, ao escutar as inquietudes do seu coração e da sua mente, estas perguntas vão surgir. As respostas dirão muito sobre você, uma vez que estão diretamente ligadas ao seu propósito de vida e ao legado que está construindo através do seu autoconhecimento.

Propósito é o que nos move, o que revela a nossa missão, o motivo pelo qual acordamos motivados todos os dias. O que explica qual seu papel neste plano, a sua importância e relevância. É o que dá sentido à sua vida, faz crescer a paixão pela vida, traz mais vitalidade, aumenta a motivação e nos impulsiona para realizarmos aquilo que nos trouxe a esse mundo. Uma vida sem propósito é o mesmo que uma vida sem sentido, por isso muitas pessoas passam grande parte de sua jornada sem saber, ao certo, quais são suas motivações e, por isso, seguem cumprindo apenas a rotina que o dia a dia lhes impõe.

Esses indivíduos são aqueles que geralmente sentem-se mais “perdidos” e deslocados no mundo e, para eles, nada nunca está bom o suficiente. São aquelas pessoas que vivem dentro da sua zona de conforto, no piloto automático e sua vida profissional se resume a ganhar dinheiro para pagar contas. Você é uma destas pessoas? Ou você sabe as respostas aos questionamentos que fiz no início deste artigo?

Quando sabemos quem somos, o que gostamos ou não, o que nos faz feliz ou triste, nos motiva ou desanima, nos provoca amor, dor, medo, angústia ou satisfação, nós temos mais condições de nos entender e explorar nossas habilidades e conhecimentos na prática. A grande questão aqui é que desde pequenos escutamos que devemos estudar, tirar boas notas para arrumar um bom emprego para pagar contas. Não somos incentivados a pensar, refletir e a despertar para quem somos em nossa essência, a descobrir o nosso propósito, a nossa missão. Então seguimos a manada e tudo o que é diferente disso nos causa dor.

O que muitos ainda não sabem é que, para promovermos o nosso autoconhecimento e desvendarmos a nossa causa, é necessário antes desaprender muito do que nos foi doutrinado ao longo da vida e nos atrever a olhar para a vida com novos olhares, sob novas perspectivas. A ser fiel aos seus valores pessoais e com base neles você pode chegar mais perto do teu propósito – que vai trazer toda a motivação pra sua vida e o ajudará a construir o seu legado que, para quem não sabe o que significa, é a marca que queremos deixar no mundo e na vida das pessoas para que o futuro seja melhor que o presente. É pelo que queremos ser lembrados.

Para encontrar a sua causa, deixo algumas dicas: 1) Pergunte-se o que poderia contribuir para ter um mundo melhor; 2) Ouça o batimento do seu coração (ele sempre bate mais forte quando encontramos o que nos dá sentido à vida); 3) Comece a tentar coisas novas (desafie-se sempre, pense e aja fora da caixa) e por fim 4) Encontre a sua paixão – a paixão e propósito andam interligados e é o que o moverá dia a dia trabalhando em prol dele. Quando fizer o que ama, você estará mais inspirado e obterá “insights” sobre o que o deixa feliz, contente, realizado. E, assim, encontrará o seu propósito de vida que o levará a ter mais paixão, ação assertiva e foco nos resultados.

Quando temos propósito, temos direcionamento. Quando sabemos o que queremos, podemos definir quais serão os melhores caminhos para realizar os nossos objetivos, sonhos e metas. Quando não, somos levados pelas circunstâncias e deixamos de ter o controle de nossos resultados e, consequentemente, de nossa vida. Deixamos de ser protagonistas das nossas histórias e passamos a ser meros coadjuvantes, perdendo momentos e oportunidades. Então novamente eu lhe pergunto: qual é a tua causa?! Se sabe, ótimo! Lute por ela todos os dias como se fossem os últimos da sua vida. Se não sabe, o que impede você de sair desse vazio que é a sua vida? Medo do fracasso, do julgamento? Ou é acomodação e preguiça? Ainda dá tempo de você recuperar o tempo perdido e fazer a diferença na sua vida e na de outras pessoas! E lembre-se: você é um ser único e especial, cheio de recursos para construir uma vida memorável com propósito que te orgulhe. Mas tem que fazer por onde, ok?! Se você apenas deixar que o barco da vida o leve, pode acabar no porto errado assistindo de camarote a sua vida acontecer.

 

Kaká Cerutti é neurocoach, palestrante e gestora de marketing e comunicação da empresa Empóriopet.

E-mail sac@emporiopet.ind.br    www.emporiopet.ind.br

 

 

 

Comentários
Carregando...