Os aminoácidos e sua importância para os peixes2 min para ler

Eles despertam curiosidade no ramo da aquicultura e da nutrição animal, mas nem sempre suas propriedades são conhecidas pelos aquaristas.

Assim como todos os animais que abrangem o nosso planeta, os peixes precisam de nutrientes específicos para manutenção de sua saúde, reprodução, crescimento e para o correto funcionamento de suas funções vitais. Sendo assim, os aminoácidos são nutrientes importantíssimos para que todos esses processos ocorram adequadamente.

De uma forma geral, os aminoácidos nada mais são do que unidades formadoras de proteínas e são fundamentais para formação de escamas, músculos, enzimas, muco e demais componentes de sua estrutura corporal.

Existem mais de 15 tipos de aminoácidos e cada um possui sua especificidade. Alguns são produzidos naturalmente pelo organismo do animal, outros já não são produzidos, ou são produzidos em quantidades muito pequenas, insuficientes para atender às necessidades e exigências dos peixes, portanto são chamados de aminoácidos essenciais.

Mas, se alguns não são produzidos naturalmente, como é que os peixes conseguem obtê-los para garantir o seu desenvolvimento e crescimento? A resposta é simples: é por meio da alimentação. A alimentação influencia diretamente na obtenção destes aminoácidos, já que é a principal fonte responsável pelo fornecimento de nutrientes. Mas devemos nos atentar quanto a este aspecto e quanto aos alimentos, pois nem todo e qualquer tipo de alimento possui a composição adequada de aminoácidos que o animal necessita. Alguns podem apresentar baixa composição de aminoácidos, alguns podem ser de baixa digestibilidade, ou seja, o peixe não consegue aproveitar ou sintetizar e isso pode diminuir o seu desempenho, prejudicando o seu crescimento e acarretando em eliminação excessiva de amônia no aquário, assim como acontece com dietas que possuem excesso de proteína.

A exigência de aminoácidos para peixes dependerá da espécie e do seu hábito alimentar. Embora as exigências por aminoácidos para peixes ornamentais, principalmente, seja muito restrito, sabe-se que seu papel é fundamental para o crescimento e manutenção da saúde dos peixes e que a composição de aminoácidos é fundamental para distinguir uma proteína, ou alimento, de qualidade de uma de má qualidade.

 

Amanda Fernandes é zootecnista pela Unesp/Jaboticabal-SP e estagiária do Caunesp (Centro de Aquicultura da Unesp).

Comentários
Carregando...
Novo Assinante