Camarão-Abelha: Beleza submersa2 min para ler

Eles podem combinar e enfeitar o cenário submerso dos aquários.

Os Camarões-Abelhas (Caridina cf. cantonensis sp) abrangem a família Atyidae e são animais deslumbrantes em aquários de água doce. Há mais de 10 anos, criadores e importadores de todo o mundo têm trazido diversas espécies novas e atraentes para o mercado.

Existem diversas espécies deste camarão no mercado, que atendem às mais variadas preferências dos aquaristas. A maioria dos camarões gosta de água limpa e muito rica em oxigênio com pH aproximado de 6,5. O alimento fornecido deve sempre chegar intacto ao fundo do aquário e não deve ser muito duro, para que ele consiga quebrá-lo em partículas menores.

O importante é sempre entender o ecossistema natural do aquário, por isso é necessário se atentar às espécies de peixes que serão introduzidas, pois algumas espécies consideradas de porte grande podem fazer dos camarões um verdadeiro banquete. Para minimizar esses problemas, introduzir plantas ou galhos ajudará ele a se proteger e criar um esconderijo sempre que necessário.

Água limpa também é um fator fundamental, como para todo camarão dentro do hobby. O Camarão-Abelha se torna vulnerável quando estocado em águas sujas.

Há quem diga que o Camarão-Abelha não seja ideal para iniciantes e que muitas pessoas começam com outras espécies e depois chegam até o Camarão-Abelha, devido ao seu preço que, dependendo da espécie, pode ser mais elevado em relação aos outros e ao fato de ser menos resistente. Mas sabemos que fornecendo os cuidados básicos a esses invertebrados nada impede que um iniciante o tenha em seu aquário.

O Camarão-Abelha pertence ao grupo dos invertebrados mais fascinantes e vale a pena no aquário por beleza, gosto ou desafio!

Amanda Fernandes é zootecnista pela Unesp/Jaboticabal-SP e estagiária do Caunesp (Centro de Aquicultura da Unesp).

 

 

Comentários
Carregando...
Novo Assinante