Três ações simples para aumentar seu sucesso4 min para ler

Você sabe qual é o principal previsor de sucesso pessoal e profissional? Notas escolares? Formação acadêmica? Falar outra língua? Dom? Q.I.?

Muitos cientistas já procuraram por esta resposta e, nos últimos anos, um grande corpo de pesquisas indica que o principal previsor de sucesso é a felicidade. É isso mesmo: pessoas que são felizes ganham mais, são mais criativas, vendem mais, são mais produtivas, têm melhores relacionamentos, têm menos problemas de saúde e, inclusive, vivem mais. Não por acaso, a cientista Sonja Lyubomirsky da University of California descobriu que a felicidade é a causa do sucesso. Todos nós temos maiores chances de atingir nossos objetivos quando estamos felizes. Esta seria uma excelente notícia se não fosse o fato de que o ser humano frequentemente toma decisões contrárias à sua própria felicidade.

Então, para que você não caia em armadilhas e garanta um maior sucesso em 2019, preparei algumas dicas baseadas nas mais importantes descobertas científicas sobre felicidade. Vamos lá?

 

1. Desconecte-se

A ciência descobriu que a maior fonte de felicidade são os relacionamentos pessoais. Ter boas conversas com os seus familiares, amigos e colegas de trabalho, rir com frequência, ser gentil com as pessoas ao seu redor e ajudar aos outros são maneiras de cultivar estes relacionamentos que irão lhe proporcionar maior sucesso presente e futuro. Porém, é fácil percebermos nos dias de hoje que as pessoas se distanciam cada dia mais dos seus relacionamentos verdadeiros e favorecem os relacionamentos virtuais. Em todos os tipos de ambiente é comum vermos casais, amigos e famílias onde cada pessoa está interagindo com o seu próprio celular, ao invés de estarem construindo seus relacionamentos verdadeiros.

Com a facilidade que temos em consumir notícias hoje em dia, além da velocidade com a qual elas são divulgadas, acabamos dominados por uma fobia conhecida como FOMO (Fear Of Missing Out). O medo de estar por fora dos últimos acontecimentos do mundo é o que faz com que algumas pessoas simplesmente não consigam ficar sem checar seu telefone a cada poucos minutos, porém, este vício vem com um preço alto. Em 2019, faça um esforço para estar verdadeiramente com as pessoas, deixe seu celular num lugar de difícil acesso quando estiver acompanhado, deixe-o em outro cômodo quando chegar em casa e instrua seus familiares a fazerem o mesmo, assim, multiplicamos não somente o nosso sucesso, mas o das nossas famílias, amigos e colegas de trabalho.

 

2. Diminua seus momentos negativos

Qual é a primeira coisa que você faz quando acorda? Estou quase certo que é pegar o seu celular para ler as desgraças que aconteceram no mundo enquanto você dormia! Além de piorar nossos relacionamentos pessoais, o uso frequente dos smartphones ainda causa um perigoso aumento na quantidade de emoções negativas que vivenciamos.

Emoções negativas ativam a amídala, uma parte do cérebro responsável por processar situações de ameaça. Isto se deve ao fato de que o estresse causado por estas emoções libera o hormônio cortisol, que desliga parcialmente a área do nosso cérebro responsável pela criatividade e pensamento racional, nos causando um declínio cognitivo. É por causa do cortisol que você dificilmente encontra bons argumentos durante uma discussão calorosa. Além deste prejuízo, picos frequentes de cortisol no organismo estão relacionados com diversos males que causam morte prematura. Diminuir o consumo de notícias negativas e se afastar de pessoas com o hábito de compartilhar desgraças são formas simples de diminuir seus momentos negativos e garantir mais felicidade em 2019. Lembre-se que fatos negativos inevitavelmente irão acontecer na sua vida – o perigo está em escolhê-los.

 

3. Aumente suas emoções positivas

Os cientistas Barbara Fredrickson e Marcial Losada descobriram a fórmula da felicidade: todos nós precisamos de três emoções positivas para cada emoção negativa que tivermos durante o dia. Mais de vinte anos de pesquisas revelam que indivíduos, equipes corporativas e casais não prosperam se tiverem equilíbrios abaixo de 3:1 durante seus dias. Ao contrário das emoções negativas, emoções positivas liberam hormônios que causam um aumento na nossa capacidade cognitiva, como a ocitocina. Nós pensamos melhor, somos mais criativos, enxergamos mais possibilidades e ficamos mais motivados quando estamos felizes. Cultivar bons relacionamentos, ajudar aos outros, expressar a sua gratidão para quem lhe ajudou no passado, fazer com que todas as pessoas que cruzarem o seu dia saiam com um sorriso no rosto, dar a sua vez no elevador, deixar as pessoas passarem na sua frente no desembarque do avião e praticar outros atos de bondade são pequenas ações que causam os micromomentos de felicidade que você precisa para atingir a proporção de 3:1 no final do seu dia.

Lembre-se que você tem uma quantidade limitada de dias para deixar a sua marca neste mundo. A escolha de como você irá utilizar estes dias é totalmente sua.

 

Luiz Gaziri é autor, palestrante, consultor e professor na PUC-PR, ISAE/FGV e FAE Business School. Seu novo livro, Escolhas Felizes, será lançado em agosto de 2019 pela Faro Editorial.

 

 

Comentários
Carregando...