Copa do Mundo X Contas à Pagar4 min para ler

A Copa já não encanta mais, evento deixou de ser algo de interesse amplo como antes.

Tanta corrupção, desemprego e outras dificuldades que nos exigem foco para condução e solução, que nem sobra ânimo para esse tema.

No nosso segmento, o que se explora são produtos temáticos e, ainda assim, talvez não com a mesma intensidade de investimento por parte dos lojistas e de compra pelos consumidores.

Agora um fato que não pode ser ignorado de forma nenhuma é que esse período acaba por consumir a agenda de atendimento, reduzindo a carga horária útil para faturamento e os compromissos continuam na mesma intensidade.

Para completar, a mudança climática influencia diretamente o volume de serviços de estética e também tem o mês de julho, marcado pelas férias que, em algumas regiões, derrubam feio o faturamento.

A pergunta é: “Como faço para atravessar esse período e sair vivo?”

Muito bem, não existe mágica. Alguns caminhos são possíveis e árduos para seguir, mas trazem resultado. A base de todos é ter uma visão numérica do faturamento médio mensal, por dia útil em cada mês, isso reflete sazonalidade e carga de trabalho.

Uma alternativa é incrementar a venda de serviços pré-pagos para garantir um faturamento mais próximo do necessário. Em seguida, ter uma previsão de necessidade de dinheiro para esses períodos magros.

Um caminho pode ser poupar mensalmente a diferença entre as receitas previstas líquidas e as saídas totais, que, aliás, é difícil, mas extremamente saudável, porque se não usar vira reserva. Outra alternativa é incrementar a venda de acessórios temáticos, conforme seu público, como faturamento extra.

Creio que seja imprescindível divulgar a qualidade dos serviços de estética e a água climatizada, porque ainda existe muita gente que acha que o banho é frio.

Sem dúvida que de grande importância também é oferecer os serviços veterinários, vacinas e demais, que contribuam para a saúde dos pets no sentido preventivo, além dos tratamentos.

Em finanças existe uma máxima que diz: “A despesa é certa e a receita é duvidosa”, portanto, explorar alternativas é recomendado a todos, porque se uma falhar, outra poderá contribuir para a solução.

Gestão sempre envolve um grupo de opções e estuda meios factíveis para execução, então, saber a demanda financeira da sua empresa é o mínimo para traçar possibilidades. Criatividade sempre tem espaço e pode ser uma ótima geradora de receitas.

Tive cliente que oferecia serviço de escovação e eliminação de pelos para aqueles céticos sobre dar banho no Inverno. Resolveu 100%? Claro que não, porém criou-se uma receita que não existia, ficou no meio do caminho entre zero de faturamento e a receita do banho. Um começo, não acha?

Voltando ao quesito de Copa e dias úteis, não deixe para a última hora para pensar ou lamentar o assunto. Planejamento, disciplina na execução e continuidade trazem resultados. Lembre-se do ditado que enquanto uns choram, outros vendem lenços.

Não adianta lastimar e não tomar providências. Acredito que pensar em serviços, intensificar acessórios, roupas, caminhas, etc., é uma forma, mesmo parcial que precisa ser explorada.

Se puder dar um conselho, busque criar as alternativas para a sua empresa e olhe outros mercados, porque ficar “seguindo” concorrente é cruel e leva para o buraco, porque ele tem a estratégia e o seguidor não sabe o caminho.

Se chegamos até aqui, precisamos tocar adiante e estudar sempre. Treinar a equipe, buscar produtos, aprimorar o ambiente e a experiência do cliente, porque no fundo o que traz receita é a experiência que você proporciona.

Uma empresa sem atrativos, na média e igual às outras está bem na linha de risco de sentir fortes oscilações e sofrer com isso.

Não tem receita de bolo, aliás, tem sim! Arregaçar as mangas e trabalhar dentro da sua realidade. Isso traz resultados.

Menos dias úteis para igual receita… Força e fé! Um abraço e bons negócios!

Jefferson Braga é fundador da PetCon$ult, consultor sênior com formação em Administração e Pós-graduações em Gestão e Administração Financeira e Controladoria. Ministra palestras, treinamentos e aconselhamento empresarial pelo Brasil, atuando desde 2000 como consultor do segmento.

jefferson@petconsult.com.br

www.petconsult.com.br

Facebook (PetConsult Consultoria)

 

 

 

 

 

Comentários
Carregando...