Raças – Angorá Turco: O Primeiro pelo longo do mundo

0 15

O Angorá ou Angorá Turco, é provavelmente uma das raças de gato mais antigas.

Proveniente da região de Ancara, na Turquia, o Angorá é conhecido na Europa desde o início do século XVII. Para quem gosta de gatos com a pelagem longa, esta é uma fantástica opção. Trata-se de um gato lindíssimo, independente e o consideram como um dos mais inteligentes do mundo felino.

A raça é certamente muito antiga, no entanto foi introduzida na Europa somente a partir do século 17, provavelmente na Itália. O gato Angorá já naquela época fazia um grande sucesso em diversas partes da Europa e tornou-se símbolo de status, marcando presença nos salões da nobreza francesa. Ficaram conhecidos como os primeiros de pelo longo da história e, exatamente por esse motivo, foram utilizados nos entrecruzamentos seletivos na criação de diversas outras raças de pelagem longa, como por exemplo o Persa.[userpro_private]

O Angorá apresenta uma cabeça de tamanho médio, de formato triangular. O nariz é reto, longo com stop pouco pronunciado. As orelhas são grandes, longas e pontiagudas, com inserção alta e mais largas na base. Seus olhos são grandes, de formato amendoado e ligeiramente oblíquos, em geral de coloração em tons de âmbar. Nos exemplares que apresentam a pelagem branca, os olhos podem ser azuis ou um de cada cor.

Os exemplares da raça têm um corpo de tamanho médio, sendo os machos geralmente um pouco maiores do que as fêmeas. O peso médio do macho e fêmea varia entre 4 e 5 kg. As patas são consideradas pequenas, redondas porém delicadas, com pelos entre os dedos. O pescoço dos gatos dessa raça é longo e a cauda apresenta-se longa, mais grossa na base e afinada em direção à extremidade, com pelagem longa e franjada.

São gatos muito elegantes, atléticos e apresentam uma linda pelagem semilonga. Os pelos são finos e sedosos, sem a presença de subpelo. O comprimento é mais curto no focinho e sobre o dorso, enquanto no pescoço e na cauda é mais longo. As cores aceitas além do branco são o preto, azul, tricolor, vermelho, lilás e tortoiseshell (casco de tartaruga). Na verdade, as únicas cores que não aceitas para o gato Angorá são as que demonstram um eventual cruzamento com gatos siameses.

Sua pelagem é considerada de fácil manutenção, com recomendação de escovação semanal para evitar a formação de nós, que podem com o passar do tempo provocar doenças de pele devido ao acúmulo de sujeira e umidade. Durante a época da troca de pelos, quando o gato solta muito mais pelo do que o normal, a escovação diária é recomendada para retirar o excesso de pelos soltos.[/userpro_private]

Fonte: Guia de Raças

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...
Receba nossas novidades!

Receba nossas novidades!

Cadastre seu melhor email e fique atualizado sobre o mercado pet.

Obrigado por se cadastrar!