Felinos – Erros comuns na alimentação dos gatos

0 22

Evitá-los é extremamente importante para garantir o bem-estar e o desenvolvimento saudável do animal de estimação.

Existem muitas dúvidas em torno do tipo de alimentação mais adequada ao seu companheiro e, pensando nisso, o médico-veterinário e gerente técnico nacional da Total Alimentos, Marcello Machado, listou alguns erros frequentes na alimentação dos gatos e a médica-veterinária da Total Alimentos Márcia Fernandes explica o porquê de se indicar rações específicas para a espécie.

Levantamos alguns pontos junto ao especialista, para saber como orientar melhor seu cliente
no balcão ou até mesmo no banho e tosa.

 

Dar leite para gatos


É muito comum as pessoas pensarem que o leite é um alimento essencial para o gato, mas isso não é verdade. Os felinos possuem certa intolerância ao leite e produtos com lactose, pois seu trato digestivo não recebe bem este alimento e como reação os bichinhos podem ter vômito e diarreia. Os gatos filhotes aceitam melhor o leite, mas busque alternativas, como, por exemplo, alimentos substitutos para o leite materno, que são opções mais seguras para o felino.[userpro_private]

 

Dar ração de  cachorro para o gato


Se seu cliente tem cachorro e gato convivendo juntos, é normal que surja essa dúvida. Não é recomendado dar ração do cão para o gato porque eles têm necessidades nutricionais diferentes e a troca das rações irá causar deficiências alimentares nos felinos. É importante lembrar que cada tipo de produto é desenvolvido pensando nas características de cada animal. Os gatos, por exemplo, precisam ingerir taurina, pois não são capazes de sintetizar sozinhos. Este aminoácido é fundamental para a retina e sua deficiência no organismo pode causar a cegueira no gatinho.

 

Dar comida de pessoas para gato 


Dividir o almoço com o gato ou dar os restos do jantar não é boa ideia, é importante salientar isso ao indicar rações. Os bichanos são sensíveis a alguns temperos e gorduras que podem causar vômito e diarreia. Vale lembrar que alguns alimentos saudáveis para humanos podem ser fatais aos animais de estimação, por isso nada de abrir exceções. Para o desenvolvimento saudável do animal opte por indicar primeiramente as rações Premium que oferecem todos os nutrientes, sais minerais e vitaminas nas quantidades ideais para o bichano. A fase adulta dos gatos é a mais duradoura e começa a partir dos 12 meses de vida. Para proporcionar qualidade de vida para os felinos, alguns ingredientes são adicionados às rações. Conheça três deles, com ajuda da médica-veterinária da Total Alimentos Márcia Fernandes:

  • Regulador de pH urinário. Os gatos têm origem desértica e mantiveram o comportamento de segurar a urina e beber pouca água. “Para prevenir o desenvolvimento de uma doença urinária, rações comerciais são desenvolvidas com componentes que ajudam a regular o pH urinário”, esclarece a veterinária.
  • Óleo mineral e celulose. “Sabemos que os gatos fazem a auto-higiene com várias lambidas pelo corpo, isso causa a formação de bolas de pelos no intestino do felino”, explica a veterinária. Óleo mineral e celulose ajudam, então, a prevenir o acúmulo de bolas de pelos no trato digestivo e são fundamentais, principalmente, para gatos de pelos longos, como os Persas.
  • Prebióticos e Probióticos. “Os prebióticos são fibras alimentares que ajudam no trânsito intestinal, contribuem para a consistência normal das fezes e ainda previnem constipações e diarreias”, afirma. Já os probióticos favorecem a presença de bactérias benéficas ao organismo, ajudam na renovação celular e melhoram a digestão e absorção. [/userpro_private]

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...
Receba nossas novidades!

Receba nossas novidades!

Cadastre seu melhor email e fique atualizado sobre o mercado pet.

Obrigado por se cadastrar!