Banho & Tosa – O que você fará de diferente em 2017?

0 32

A importância de refletirmos sobre o que não está bom, o que não está sendo feito e por que não está sendo feito.

É fato que vivemos um ano bastante desafiador por conta do cenário político e econômico que o nosso país vem enfrentando. Muitos trocaram de emprego, outros continuam em seus antigos empregos, outros empreenderam, outros se aperfeiçoaram naquilo que já faziam de melhor e outros fizeram acontecer em 2016.

E você, o que fez em 2016?! Cumpriu as metas estabelecidas por você para o ano?! O quanto você foi comprometido com suas escolhas?! Se fez tudo o que se comprometeu, ótimo! Se melhorou seus processos e desenvolveu novos hábitos, melhor ainda! Caso não tenha feito, está na hora de avaliar, se perceber e entender o que o impediu de realizar e reajustar as velas. O que não dá pra continuar é usar a receita de bolo de chocolate almejando um bolo de cenoura, né? Se você quer resultados diferentes do que vem tendo, faça diferente!

A questão é parar nesse momento e fazer uma reflexão: o que o impediu de dar o primeiro ou o próximo passo. Ou até mesmo perceber se você realmente sabia onde queria chegar ou como chegar à meta tão importante para você. E, muitas vezes, o que nos impede é o medo – do fracasso, do que os outros vão pensar, se não der certo ou se não for bem isso que queria – trazendo procrastinação e mexendo com as tais crenças que, ao contrário de nos impulsionar, nos limitam. 

Crenças existem para nos direcionar e determinar muitas de nossas ações, naquilo que acreditamos como verdadeiro, que dá sentido às nossas vidas e são em sua maioria formadas por nossas experiências e aprendizados. Nossas crenças determinam aquilo que focamos em nossas vidas e podem ser possibilitadoras – as que lhe impulsionam – ou limitadoras – aquelas que lhe prendem (e aqui falando, a grosso modo, dá pra escrever um livro falando de crenças).

O importante é sempre pararmos e refletirmos sobre o que não está bom, o que não está sendo feito e por que não está sendo feito. Somente assim vamos entender o que realmente está nos trancando para o novo passo e teremos condições de ajustarmos as velas no decorrer do caminho. Não é uma simples tarefa e exige um grande autoconhecimento sobre suas emoções e essência enquanto seres humanos, mas é possível parar, pensar e observar nossas atitudes ou a ausência delas para que possamos obter resultados satisfatórios na realização das nossas metas.

Algumas dicas bem importantes que deixo para você: faça o seu planejamento – meta a meta –, onde o seu estado atual seja bem definido, o lugar onde você quer chegar esteja muito claro e as ações que você precisa fazer para chegar lá bem definidas, com prazos estipulados. Coloque tudo no papel de forma que possa visualizar e imaginar como será esse processo. Sinta a sensação de vitória em seu peito quando alcançar a meta, como você irá reagir, onde estará e as pessoas que estarão comemorando com você! Tenha sempre essa sensação com você toda vez que pensar em desistir a qualquer objeção que surgir ou quando deixar para fazer amanhã o que precisa ser feito hoje. Sempre que a objeção aparecer, foque na solução e não na situação. A solução levará você na direção da sua meta e a situação lhe dará o aprendizado suficiente para que não ocorra de novo, pois, se ocorrer, já saberá como reagir.

E aí lhe pergunto de novo: o que você fará de diferente em 2017 para alcançar seus sonhos ainda não realizados?! 

Kaká Cerutti – Marketing e Comunicação da Empóriopet, coach e palestrante.

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...
Receba nossas novidades!

Receba nossas novidades!

Cadastre seu melhor email e fique atualizado sobre o mercado pet.

Obrigado por se cadastrar!