Participantes do Projeto Pet Brasil na Superzoo

Expositores brasileiros que participaram do projeto devem movimentar US$ 2,8 milhões nos próximos 12 meses

Um dos principais eventos do setor pet do mundo, a Superzoo aconteceu em Las Vegas (EUA), de 25 a 27 de julho.

Empresários tiveram a chance de networking com 498 visitantes, principalmente dos Estados Unidos e do Canadá. A participação na Superzoo 2017 deve render aos expositores brasileiros participantes US$ 2,8 milhões ao longo dos próximos 12 meses. Esse é o balanço divulgado pelo Projeto Pet Brasil, parceria entre a Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Um dos principais eventos do setor pet do mundo, a Superzoo aconteceu em Las Vegas (EUA), de 25 a 27 de julho. As 12 empresas participantes do Projeto Pet Brasil formaram o pavilhão brasileiro da feira, ocupando 126 m² com lançamentos e novidades das indústrias de pet food e pet care nacional. Esses empresários tiveram a chance de networking com 498 visitantes, principalmente dos Estados Unidos e do Canadá. Participaram do pavilhão: Amicus, AnimallTAG, Furacão Pet, Matsuda, Nicoluzzi, Nutrire, Petbrilho, Pet Society, Petix, Pipi Dolly’s, Toy for Bird e Vetsense.

Cenário brasileiro de exportações do setor pet

De acordo com dados recentes da Abinpet, em 2016 o faturamento do mercado pet nacional foi de R$ 18,9 bilhões e as exportações chegaram a US$ FOB 236,3 milhões. Atualmente, o Brasil é o terceiro maior entre os principais países do mercado pet mundial, representando 5,14% de um total de US$ 105,3 bilhões do faturamento do ano passado. Os Estados Unidos lideram a lista (42,2%) seguidos pelo Reino Unido (5,8%).

As exportações de produtos pets no acumulado de janeiro a maio deste ano caíram 5% em relação ao mesmo período do ano passado, refletindo o cenário de desaquecimento do setor. Foram US$ FOB 81,9 milhões exportados em 2017 contra US$ FOB 86,3 milhões nos cinco primeiros meses de 2016. Os dados incluem alimentação, produtos de higiene e beleza, medicamentos veterinários e comercialização de animais vivos. No entanto, os valores relacionados às empresas que participam do Projeto Pet Brasil cresceram 13,7% no período e fecharam em US$ FOB 23,2 milhões, ante US$ FOB 20,4 milhões de 2016.

 

 

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...