Raças – Curl Americano Pelo Longo: O Peter Pan dos gatos

Esta é mais uma das raças nativas dos Estados Unidos.

A história do Curl Americano começa na Califórnia, em 1981, quando a família Ruga adotou uma gata preta de rua, que possuía pelagem semilonga e orelhas enroladas. A gata teve uma ninhada de quatro filhotes, sendo que dois deles também possuíam orelhas dobradas. Uma amiga da família e criadora de gatos, Nancy Kiester, apresentou esses gatos em uma exposição e obteve grande sucesso, dando início à criação do American Curl. A variação Longhair é a variação original da raça, mas posteriormente foi obtido o American Curl Shorthair.

A raça é aceita pela Tica desde 1985, pela CFA desde 1993 oficialmente. Na Europa foi primeiro introduzida na França e anos mais tarde na Inglaterra. Ainda assim o American Curl é raro fora dos Estados Unidos. O gene responsável pela curvatura das orelhas do Curl Americano é diferente daquele encontrado no Scottish Fold.

Também chamado de American Curl Longhair, além da variação de pelagem semilonga existe a de pelagem curta. Seu aspecto mais conhecido e marcante são suas orelhas dobradas ou “enroladas” (Curl), decorrentes de uma mutação genética em um gene dominante que leva a curvatura do pavilhão auricular do gato. A dobra se apresenta em três níveis: ligeiro rebatimento, curvatura parcial e curvatura completa, sendo esse último o formato mais procurado e que lembra uma lua em quarto crescente.

O Curl Americano Pelo Longo é bastante indicado para pessoas que já possuem outros animais de estimação ou que precisam de um felino de fácil adaptação. É também um bom companheiro para aposentados, famílias com crianças e pessoas que nunca tiveram um bichano.

Seu temperamento é descrito como equilibrado, sendo um gato de fácil convivência e que não costuma miar. Sociável, convive bem com crianças, outros gatos e com cachorros. É bastante sensível, carinhoso e apegado com seu dono. Gosta de brincadeiras, sendo comum se manter brincalhão mesmo em idade avançada, e precisa de algum espaço para se exercitar, apesar de se adaptar bem às mais variadas situações.

Felino de médio porte, pesa entre 3 e 5 quilos. A cabeça é proporcional ao corpo, sendo um pouco mais comprida do que larga. Olhos grandes e inseridos afastados, em formato de noz e com cor sem relação com a pelagem, viva e profunda. Orelhas de médias para grandes, largas em seu local de inserção e com pontas arredondadas, a dobra pode ser de 90 a 180 graus. Pelos finos e sedosos, com bastante subpelo, sendo a variação mais frequente. Todas as cores e padrões são aceitos para a raça. A maturidade da raça ocorre entre os 2 e 3 anos. Sua orelha se enrola por volta do quarto dia de vida, mas só atinge sua curvatura definitiva entre os 3 e 4 meses. A raça exige apenas escovação semanal e cuidados com a limpeza de seus ouvidos.

Fonte: www.cachorrogato.com.br

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...