Passeios garantem saúde e bem estar do seu cão

Quem tem um cão sabe: a expressão “cachorro cansado é cachorro feliz” é a mais pura verdade. Mais do que uma simples atividade física, os passeios também são primordiais para a saúde mental do seu pet. Como grande parte da percepção dos peludos vem do olfato, o passeio permite que eles explorem o mundo através da caminhada e dos cheiros. Além disso, os exercícios físicos evitam doenças como obesidade e depressão, controlam o índice glicêmico e garantem o bom preparo físico e cardiopulmonar do seu bichinho.
Se engana quem pensa que as raças mais tranquilas ou que vivem em grandes espaços não necessitam de passeios em sua rotina. Cães sem atividade são mais propensos ao estresse, o que pode resultar em problemas de saúde ou objetos e móveis roídos. Os passeios propiciam o encontro com outros bichinhos, o que é super importante para deixar seu cão mais sociável, feliz e confiante. Ao passear, os cães se acostumam a diferentes estímulos, e tendem a não desenvolver o hábito de latir para qualquer coisa ou se
amedrontar ao ouvir barulhos diferentes.

 

Não descuide da saúde do seu pet

Agora que você já conhece os benefícios dos passeios para os cãezinhos, saiba que para garantir uma atividade física segura, deve-se tomar alguns cuidados.
Escolha os horários mais frescos e menos ensolarados do dia para sair com seu cachorro. As altas temperaturas no solo podem provocar queimaduras nas patinhas dos peludos. Além disso, como os cães não suam, eles podem ficar exaustos e ofegantes se expostos ao calor por muito tempo. No caso dos braquicefálicos (de focinho achatado) os cuidados devem ser redobrados.

Antes de sair de casa, certifique-se de que o seu amigão beba água; porém, evite dar grandes quantidades, pois pode ocasionar uma torção gástrica, especialmente nas raças de grande porte. Em passeios longos, leve água sempre. Sempre que ele demonstrar sinais de cansaço, deixe seu mascote descansar e ofereça hidratação. Fique atento a objetos que seu amigo possa encontrar pelo chão durante o passeio. Ele pode eventualmente comer algo que não deve e causar danos à sua saúde.

Além de cuidar da saúde do seu pet, cuide da sua cidade. Seja consciente e leve sempre saquinhos para recolher as fezes do seu animal.

 

Qual a frequência ideal?

Passear diariamente é extremamente benéfico para a saúde dos cães, especialmente quando o cão é hiperativo ou reside em espaços pequenos. Para os filhotes, costumam ser saudáveis  caminhadas curtas e frequentes.  Porém, para determinar a frequência ideal é preciso levar em conta o tamanho, a raça e a idade do seu amigão. Converse com o seu veterinário.

 

Seu cão te leva para passear?

Sabemos que os cães adoram passear, mas o programa deve ser prazeroso também para seu tutor. Não raro observamos cães que puxam a coleira e praticamente arrastam seus donos durante a caminhada. Para evitar esse comportamento, a escolha da coleira correta é fundamental.
Amplamente utilizados, os peitorais convencionais parecem ser a melhor opção, porém, eles costumam funcionar como arreios de tração por distribuírem o peso pelo peito do animal, que passará a ter ainda mais força e disposição para puxar.
Uma opção eficaz para evitar o problema sem machucar ou criar desconforto para o seu pet, é a utilização de um peitoral especial como o Easy Walk. O modelo foi desenvolvido especialmente para desencorajar os cães a puxarem seus donos durante os passeios. A guia não é presa na costas, mas à argola que fica logo acima do osso do peito do seu cachorro. Ao tentar puxar fazendo força para frente, a guia irá virá-lo para o tutor de forma delicada. Dessa forma, é possível manter o controle sem fazer qualquer pressão no pescoço ou garganta do seu mascote.
Outro modelo eficiente para controlar seu bichinho sem machucar é utilizando a coleira Gentle Leader.

Recomendada por veterinários pelo fato de evitar lesões de traquéia em cães que puxam muito a coleira durante os passeios, o acessório permite total controle sobre a força do cão sem dar trancos ou provocar dores no seu amigão. A guia da Gentle Leader é presa na tira do focinho e portanto funciona como um cabresto, segurando o cachorro pela cabeça e não pelo pescoço.

Curta seu bichinho e aproveite as caminhadas com seu cão para se exercitar também. Bom passeio!

 

Autoria: Viviane Camargos

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...