Mkt Veterinário – Oito passos para sua empresa veterinária vender mais

Estar preparado para enfrentar o mercado pet nem sempre é uma tarefa fácil.

Neste artigo, trago oito passos para que sua empresa veterinária possa estar preparada para os clientes e atinja os níveis que você sempre quis alcançar.

Um primeiro ponto é melhorar a experiência de compra do seu cliente que não quer só comprar um serviço ou produto que precisa, pois ele quer também um lugar onde possa passear, interagir, aprender e relaxar. Proporcione experiências interessantes. Crie eventos que atraiam público e gerem relacionamento. Use o design para estimular a curiosidade e os sentidos do seu cliente, desde o momento em que ele entra até a saída da empresa. De maneira bem simples e direta, podemos dizer que se tem alguém querendo comprar os serviços e produtos de uma pet shop ou agroshop, então existe uma oportunidade de negócio. Afinal de contas, podemos resumir a atividade de pet shop numa ação de vender e lucrar. Se for comprovada a possibilidade de vender os serviços e produtos e de lucrar, então você encontrou uma oportunidade de negócio. Note bem, vender e lucrar, pois não basta somente vender, uma vez que o que realmente é determinante de uma boa oportunidade é a quantidade de lucro.

E ai, está gostando do nosso conteúdo?

Ajude-nos a disseminar conhecimento com nossos conteúdos

Outro ponto importante é melhorar a experiência de compra com estratégias de vendas para os serviços ou produtos. O que todo empresário precisa saber é que é muito importante investir em seus colaboradores. Afinal, se eles tiverem conhecimento do negócio, estiverem motivados e bem preparados para atender, o desempenho das vendas e dispensa de serviços melhorará muito.

Para começar, você precisa confirmar a existência de interessados em comprar os serviços e produtos que pretende oferecer na pet shop, pensar em quantidade que acumule, no final de um período de tempo, um montante de lucro que compense o investimento e fazer com que estas condições durem o tempo necessário para compensar a montagem do negócio. Isto é, que deem o retorno que você deseja. Também avaliar se realmente está disposto a enfrentar e comandar o dia a dia desta operação, o que significa que você e sua família adaptarão o estilo de vida às condições que este negócio necessitar, caso esteja no comando da operação da empresa veterinária.

Identificar estas questões. Refletir sobre elas. Obter resposta para cada uma delas. Conseguir as condições necessárias para realizá-las é o que chamamos de planejamento prévio do negócio. Portanto, o próximo passo que recomendo, após a leitura deste manual, é que você inicie a preparação de um “Plano de Negócio”.

Em terceiro lugar, treine a tecnologia que aumenta a eficiência. Lembrando que ela não é um fim em si mesmo, pois é preciso adequá-la às suas necessidades. Por isso, explore seu site e redes sociais com personalidade para se conectar aos clientes de forma mais direcionada. É necessário garantir o domínio tecnológico, portanto, conte com especialistas nos serviços que oferecer, que tenham habilitação profissional e sejam licenciados para tal, conforme a legislação exigir. Já dispõe destes profissionais? São os próprios sócios? São empregados? São prestadores de serviços? Qual formato é mais adequado à sua pet shop? Como agem seus futuros concorrentes? Como identificar os melhores fornecedores? Quais condições de aquisição serão mais adequadas? Como negociar e obter facilidades de pagamentos condizentes com a estratégia de venda? Quais volumes devem ser adquiridos em função de previsão de venda e prazos de fornecimento? Quais níveis de estoque devem ser considerados?

Observe que sempre é possível ser melhor ou se igualar aos melhores concorrentes. Se o nível tecnológico igualar as empresas, supere em serviços agregados, isto é, no atendimento ao cliente. Afinal, o mercado comprador deve ser estimado e conhecido. Por isso, saiba quem frequentará sua pet shop e por quais motivos. Conheça quantos serão os clientes, onde estão, como chegará até eles e poderá influenciá-los para que frequentem sua pet shop.

Com estes três primeiros passos você já verá uma grande diferença em seu negócio, mas no próximo artigo apresento outras ferramentas que você poderá utilizar para complementar esta ação.

Francis Magno Flosi é médico-veterinário, pós-graduado em Clínica Médica e Cirúrgica de Aves e Animais Silvestres e Exóticos. É diretor-presidente do Instituto Qualittas de Pós-graduação e presidente da ABVET (Associação Brasileira de Veterinários Especialistas).

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...