Administração Pet – Quem administra a sua empresa?

Por mais simples que seja esta pergunta, sempre cabe ser formulada.

Como eu rodo bastante por aí, posso dizer que muitas empresas são administradas por um agente oculto que até os proprietários desconhecem. Sim, tem gente que não sabe quem administra a sua própria empresa, uma vez que ela não realiza essa atividade e torce para que o vento sopre a favor para não ter que fazer nada diferente disso.

Quero fazer uso desse espaço para abordar a questão de gestão sob uma ótica diferente do convencional e espero, sinceramente, poder ajudar ao mostrar que existe um caminho diferente para se analisar e agir com resultados importantes para a empresa e, principalmente, para os gestores.

Bem, não sei se você já ouviu falar, mas existe um método chamado PNL – Programação Neurolinguística, que foi criado por um estudante de psicologia e um professor de linguística na década de 70. A partir do estudo e observação de profissionais que obtinham resultados diferenciados, nasceu o que se chama de modelagem, ou seja, observou-se a existência de um padrão nessas pessoas que geravam resultados melhores.

Trocando em miúdos, criou-se a possibilidade de “copiar” pessoas que obtinham êxito nas mais variadas áreas de humanidade.

Voltando ao nosso ponto. Particularmente acredito que o uso da PNL poderia ajudar os gestores do mercado pet. Digo isso porque ao longo de 15 anos no segmento, encontro com frequência pessoas desestimuladas e sem interesse na gestão do próprio negócio, sendo “vítimas” da empresa e dos acontecimentos.

Onde as coisas se conectam? Elas se conectam quando você analisar que os seus padrões mentais, atitudes e crenças ditam os seus rumos. Essa sugestão é para abrir o caminho para uma busca mais racional, rápida e de resultados positivos no seu negócio.

É possível você “cortar” caminho de maneira inteligente, na busca de ferramentas, métodos etc., para transformar seu empreendimento em algo rentável e agradável, que não lhe consuma todo o tempo do mundo.

Veja que, quando assumimos a responsabilidade por algo em nossas vidas, ocorre uma transformação visível, porque tomamos as rédeas da situação visando conseguir o melhor resultado possível, sem medo de realizar, com energia para buscar possibilidades.

Quando analisamos o volume de gestores reativos como perfil dominante do mercado, fica bem clara a necessidade de se mudar esse status para que seja possível ganhar dinheiro, ser feliz e ter mais tempo para se dedicar a outras coisas.

Não é conversa fiada, é ciência trabalhando em seu favor. Como primeiro passo é preciso reconhecer em quais pontos precisa de ajuda ou de aprendizado para gerir melhor sua empresa. Na sequência, buscar qual a maneira mais rápida para “zerar” essas lacunas.

Observe que muita gente que obteve sucesso em alguma atividade e ainda conseguiu dinheiro nem sempre domina cada pedacinho da sua operação, mas, com certeza, conhece a arquitetura global do seu negócio, a ponto de saber quais são seus pontos fracos e quais os profissionais que precisa contar para obter os melhores resultados.

Reserve um tempinho em um local sossegado e faça uma autoanálise sobre quais são os pontos que precisa fortalecer e qual seria seu modelo ideal de tocar a sua empresa; quanto tempo gostaria de dedicar ao negócio, quais resultados almeja.

Agora você tem um ponto de partida e pode assumir sem medo as atividades, mesmo que provisoriamente, se assim planejou, para levar sua empresa a um patamar superior. Sei que pode parecer muito fácil essa apresentação curta e objetiva, mas acredite que não precisa ser complicado, senão ninguém conseguiria.

Pense no PNL como um caminho para a excelência. Algumas atividades serão mais fáceis, tenho certeza, e você ainda descobrirá muitos dos seus talentos escondidos. Outras talvez consumam um pouco mais tempo, porém trarão muita força à sua nova fortaleza!

Não deixe sua empresa perdida, sem rumo, sem metas e sem gestor. Já escrevi em outros momentos até mesmo sobre vender a empresa, se não estiver satisfeito. Considere todas as possibilidades, amplie os horizontes para que tenha mais opções na hora da escolha. Aliás, escolha!!!

Assuma sua empresa como ela é e a transforme num sucesso, crie algo que lhe dê orgulho. Admita que se hoje seu negócio tem uma loja e serviços (inclusive serviços médicos), não deixará de ser visto como um comércio, independentemente da sua vontade de ser comerciante. Você entrou num modelo de negócio que funciona dessa forma, portanto, ou se molda ou sai do negócio; não viva infeliz.

Não ignore a seriedade necessária para administrar uma empresa, da mesma forma que precisa se dedicar ao seu bem-estar e realização profissional. Não existe nenhuma lei que o obrigue a continuar como está. Na verdade, a grande essência da vida e do mundo dos negócios é a mudança. Talentos enterrados e ignorados constroem seres humanos que sofrem, que estão sempre carregando fardos pesados demais. Ninguém nasce sabendo tudo, ao contrário, a busca pelo saber e pelo caminho da realização precisa de coragem e determinação, entretanto, podem ser repletos de libertação.

A vida passa muito rápido para você sofrer todos os dias com a sua empresa. Se você não der um basta nessa situação, alguém o fará em seu lugar e de maneira adversa ao seu gosto.

Eu acredito que cada um de nós possui vários talentos e muita energia para conduzir a vida e dar muitas viradas conforme desejar.

E, por falar em desejo, quero manifestar o meu pelo seu sucesso! Um abraço e bons negócios!

Jefferson Braga é fundador da PetCon$ult, consultor sênior com formação em Administração e pós-graduações em Administração Financeira e Controladoria. Ministra palestras, treinamentos, coaching e aconselhamento empresarial pelo Brasil, atuando desde 2000 como consultor do segmento.

jefferson@petconsult.com.br www.petconsult.com.br Facebook (PetConsult Consultoria)

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...