Aquarismo – Pork Fish: Aprenda a identificar entre jovens e adultos

0 65

Aprenda as diferenças que podem variar de acordo com as fases da vida.

O Pork Fish (Anisotremus virginicus) também conhecido como salema é da família Haemulidae, a qual abrange aproximadamente 150 espécies (Menezes & Figueiredo, 1980).

Este peixe marinho é encontrado no Oceano Atlântico ocidental e pode percorrer as águas da Flórida a Santa Catarina e seu tamanho pode variar de 5 cm a até 40 cm de comprimento.

Esta espécie pode atuar como “limpadora” e também como predadora de invertebrados.

Sabe-se que, além do tamanho, a sua coloração pode variar de acordo com a fase de vida, principalmente quando comparada entre adultos e jovens.

Algumas das principais diferenças são importantes para a identificação dessas fases e serão apresentadas a seguir:

Em adultos, sua coloração é destacada principalmente pelo corpo branco e prateado, contendo faixas horizontais amarelas, cujo número pode variar de seis a oito faixas (Figura 1). Também é notado que na fase adulta possui nadadeiras amarelas e duas faixas negras verticais, onde a primeira atravessa a região ocular e a segunda se estende contornando o opérculo.

Figura 1: Peixes adultos com listras verticais negras
Figura 2: Peixe jovem com a presença de listras negras horizontais (A) sobre o dorso e mancha circular no pedúnculo caudal (B)
Figura 2: Peixe jovem com a presença de listras negras horizontais (A) sobre o dorso e mancha circular no pedúnculo caudal (B)

No caso de peixes jovens, há a presença de duas faixas negras estreitas ao longo do corpo (Figura 2), contando com dorso e cabeças amarelas, além de uma mancha circular no pedúnculo caudal e coloração levemente alaranjada na nadadeira anal (Sampaio & Nottingham, 2008).”

Amanda Fernandes é zootecnista pela Unesp Jaboticabal-SP, mestranda pela Unesp Araraquara-SP e discente do Caunesp (Centro de Aquicultura da Unesp).

Contato: amandafernanddes2@gmail.com 

Referências: 1) Sampaio, C.L.S. and M.C. Nottingham, Guia para Identificação de Peixes Ornamentais Brasileiros. Espécies Marinhas in Ibama, 2008: Brasília. p. 76. 2) Menezes N.A. Figueiredo J.L. Manual de peixes marinhos do sudoeste do Brasil. IV- Teleostei (3) São Paulo. Museu de Zoologia da USP, p. 96. 1980.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...
Receba nossas novidades!

Receba nossas novidades!

Cadastre seu melhor email e fique atualizado sobre o mercado pet.

Obrigado por se cadastrar!